O supercomputador que utiliza mais de seis mil processadores

Escrito por  TechTudo
Publicado em Tecnologia
Quarta, 12 Setembro 2018 16:05

O Aterui II tem a capacidade de dar conta de um grande volume de processamento de dados simultâneos

Supercomputador Anterui II de cima — Foto: Divulgação/Observatório Astronômico Nacional do Japão

O Aterui II (vista de cima na foto ao lado) é um supercomputador japonês criado especificamente para uso em pesquisas astronômicas. Situado na 83ª posição do ranking das 500 máquinas mais rápidas do mundo, o modelo é o primeiro colocado da lista em relação à astronomia e busca desvendar os mistérios do universo. Suas especificações trazem 40 mil núcleos em 6.148 processadores Xeon da Intel e chega a três quatrilhões de operações matemáticas por segundo.

Em termos de memória RAM, o computador japonês soma 385 terabytes. Segundo o Observatório Astronômico Nacional do Japão, entidade que controla o Anterui II, 150 equipes de pesquisadores já têm experimentos agendados para ocupar a máquina até o fim do ano.

Os mais de três quatrilhões de operações por segundo (3 petaflops) dão uma ideia da diferença de performance que o Anterui II apresenta em comparação ao Summit, o mais rápido do mundo na atualidade. O computador da IBM chega a 200 petaflops.

Com milhares de processadores funcionando paralelamente, o modelo tem a capacidade de dar conta de um grande volume de processamento de dados simultâneos. A característica é crucial para o uso nas pesquisas científicas, já que simulações complexas do comportamento de estrelas, galáxias e buracos negros precisam levar em consideração todas as forças e dinâmicas que atuam sobre esses corpos.

As simulações são importantes para testar hipóteses que ajudam a explicar fenômenos referentes ao universo, como a origem e morte de estrelas e o comportamento de buracos negros. Outro exemplo de sua capacidade de trabalho é a possibilidade de simular 100 bilhões de estrelas individualmente dentro de uma galáxia. Esse tipo de detalhe não era possível em supercomputadores anteriores usados por astrônomos. Por conta das limitações de processamento das máquinas, os profissionais precisavam tratar estrelas em grupos, e não individualmente.

Como é comum entre supercomputadores, o Aterui roda Linux – uma distribuição específica desenvolvida pela Cyrix, que também é a fabricante da máquina. Segundo o Top500, site que organiza o ranking dos computadores mais rápidos do mundo, o Aterui II consome 495 kW (killowatts).

Na ficha técnica, o computador conta com processadores Xeon Gold da Intel que apresentam 20 núcleos e 40 threads (por meio de Hyper Threading), rodando cada um deles a 3.7 GHz e oferecendo ainda 27,5 MB de cache. Em termos de memória RAM, o computador japonês soma 385 terabytes.

Lido 52 vezes Última modificação em Quarta, 12 Setembro 2018 16:25

logo Bright_580

art bright100001

Compartilhe nas Redes Sociais!

Temos 90 visitantes e Nenhum membro online

Telefones Úteis

Energisa - (83) 2106-7000
Ultragás - (83) 3292-2217
Audicon - (83) 3246-0599
Cagepa - 115
GVT - 10325
NET - 10621
SKY - 10611
Tely - (83) 3049-4229
Polícia - 190
Bombeiros - 193
SAMU - 192
(83) 3216-2500
Dele.da Mulher
(83) 3218-5316

Entre em Contato

 

Av. Senador Ruy Carneiro, 636 sl 201

Manaíra, João Pessoa, Paraíba, Brasil

Tel: (83) 3021-8885 - Cel: (83) 98725-1693

Email: redacao@24horaspb.com

Website: http://www.24horaspb.com

JoomShaper