IPTU e TCR Contribuinte pode imprimir carnês no portal da Prefeitura ou nos postos da Serem

Publicado em utilidade pública
Sexta, 13 Março 2015 13:18

 

Os contribuintes ainda tem até o dia sete de abril para aproveitar o desconto de 15% sobre o do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e da Taxa de Coleta de Resíduos (TCR) na cota única com desconto. Os que ainda não receberam o carnê, podem retirá-lo no Portal da Prefeitura de João Pessoa (www.joaopessoa.pb.gov.br) ou nos postos de atendimento da Secretaria da Receita Municipal (Serem) com a data atualizada.

Os contribuintes que receberam o documento com a data de pagamento antes da prorrogação da data devem pagar com desconto apenas nas agências do Banco do Brasil. A PMJP orientou o Banco do Brasil a dar o desconto mesmo no documento com a data antiga. Já com o documento atualizado, o pagamento pode ser feito em qualquer banco, loterias e PagFácil.

Os carnês enviados às residências dos contribuintes foram confeccionados com a data-limite anterior – seis de abril -, no entanto, não há qualquer prejuízo para o pagamento antecipado. Mesmo sem o carnê ou de posse do documento no qual consta a data de pagamento da cota única em seis de março - data estipulada antes da prorrogação -, os contribuintes podem efetuar o pagamento com a garantia do desconto.

Ao todo, foram distribuídos 246.157 carnês. Cada um contém os lançamentos do IPTU e da TCR em três opções de pagamento: a cota única com desconto de 15% com vencimento para o dia 7 de abril; parcelamento do montante a ser pago em até 10 vezes, com a primeira parcela com vencimento para a mesma data; e o total do exercício sem desconto com vencimento para o dia 7 de maio.

SERVIÇO

Onde imprimir o carnê do IPTU e TCR

Centro Administrativo Municipal – Secretaria da Receita - localizado na Rua Diógenes Chianca, 1.777 – Água Fria

Shopping Tambiá – Casa da Cidadania - Av. Odon Bezerra, 184 - Tambiá

Shopping Manaíra – Casa da Cidadania - Avenida Governador Flávio Ribeiro Coutinho, 805 - Manaíra

Casa da Cidadania – Bairro de Mangabeira, ao lado do Mercado Público, na Rua Elias Pereira de Araújo

Subprefeitura de Tambaú - Avenida Presidente Epitácio Pessoa, 4410 - Cabo Branco

Sindicato mostra que PMJP tem condições de dar reajuste a professores

Publicado em utilidade pública
Sexta, 13 Março 2015 20:01

 

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município de João Pessoa, Daniel de Assis, afirmou que a redução no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) nos dois primeiros meses deste ano, não justifica o não atendimento pela Prefeitura da Capital à pauta de reivindicações encaminhada pela entidade desde dezembro do ano passado, sobretudo quanto ao reajuste salarial.

Ele lembrou da previsão de aumento de 10% no Fundeb até o fim do ano, a exemplo do que ocorreu nos últimos cinco anos e destacou o fato de a arrecadação municipal em 2014 ter ultrapassado a expectativa, num superávit de 6%. “Do percentual destinado à educação, o Fundeb contribui com uma média de 45%, cabendo os 55% restantes a recursos próprios”, destacou.

Prioridade
Segundo Daniel, a PMJP pode priorizar para o setor da educação parte do seu orçamento, que em 2014, importou em 170 milhões de reais, o que representou um percentual acima do mínimo de 25% legalmente exigido. “No ano passado, por exemplo, foram destinados 26,5%. Nesse contexto, cada 5% a mais representa cinco milhões de reais para pagar o reajuste que pleiteamos e já foi concedido até agora por diversas outras prefeituras de igual ou menor porte que João Pessoa”, afirmou.

Por fim, ele esclareceu que a categoria não recusou acordo, até porque nenhuma contraproposta foi apresentada pela edilidade, que renovou mais uma vez promessa de fazê-lo, durante reunião no final da tarde desta sexta-feira.

Cansados de esperar, os professores municipais decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda-feira. A decisão unânime foi tomada por aproximadamente 1.400 trabalhadores em educação durante assembleia ocorrida esta semana no auditório da Federação Espírita da Capital.

Postes serão transferidos para canteiro central na BR-230 em virtude da obra do viaduto do Geisel

Publicado em utilidade pública
Domingo, 15 Março 2015 11:38

 

A partir desta segunda-feira (16), a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) de João Pessoa vai desligar e transferir para o canteiro central da BR 230 a posteação da iluminação pública que fica no lado direito da rodovia (sentido João Pessoa/Recife), no trecho entre a Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob) até o Parque de Exposição.

Os postes serão desligados a pedido do Governo do Estado, em virtude da obra de construção do viaduto do Geisel e do serviço de terraplenagem que será realizado no local. Segundo informações da Divisão de Iluminação da Seinfra, serão desligados e deslocados, inicialmente, apenas os postes que ficam no lado direito. Porém, a medida também será adotada no lado esquerdo, ou seja, no sentido Recife/João Pessoa.

A Seinfra comunica a população e aos condutores que passam pelo local que enquanto os trabalhos estiverem sendo executados, a área ficará parcialmente iluminada até que seja concluído o deslocamento dos postes.

Governo capacita profissionais de saúde dos 223 municípios paraibanos em manejo clínico da chikungunya

Publicado em utilidade pública
Terça, 17 Março 2015 10:23

 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), promove nesta quarta (18) e quinta-feira (19), em Sousa e Patos, uma capacitação para 400 profissionais de saúde de 89 municípios sobre o diagnóstico e tratamento de pacientes com suspeita da febre chikungunya. Com isso, profissionais de saúde de todos os 223 municípios paraibanos estarão contemplados. Em novembro do ano passado, a capacitação foi ofertada para mais de 600 profissionais de 134 municípios das 1ª e 2ª Macrorregiões de Saúde.

A capacitação acontecerá na quarta-feira, das 8h às 16 h, no Centro de Formação e Treinamento de Professores, em Sousa, para profissionais da 4ª Macrorregião (8ª, 9ª e 10ª GRS). Na quinta-feira (19), será realizada no Sebrae, em Patos, no mesmo horário, para a 3ª Macro (6ª, 7ª e 11ª GRS).

O evento é uma das ações de enfrentamento da doença presentes no Plano de Contingência de Dengue e Chikungunyapromovidas pela SES e tem como principal objetivo treinar médicos e enfermeiros da rede pública e privada de saúde da Paraíba, além de coordenadores de vigilância epidemiológica, passando informações clínicas sobre a doença.

De acordo com a gerente executiva de Vigilância em Saúde do Estado, Renata Nóbrega, é importante que os profissionais de saúde conheçam os sintomas e tratem especificamente a doença. “É de fundamental importância que os profissionais saibam como diagnosticar corretamente a doença, sabendo diferenciar a chikungunya da dengue. Esses profissionais de saúde serão referência para que o treinamento possa ser ampliado a todos os profissionais do Estado da Paraíba”, disse.

Segundo a gerente operacional de Vigilância Epidemiológica, da SES, Izabel Sarmento, diante de casos autóctones (de origem do próprio lugar) no Amapá, Bahia, Minas Gerais, Distrito Federal e casos importados, em Pernambuco, é importante essa ação, que qualifica todos os profissionais de saúde, para que diante de um caso suspeito o paciente receba o tratamento adequado.
“Também é importante trazer a responsabilidade para os gestores municipais, pois eles devem manter aquelas ações rotineiras de campo, frente ao mosquito e também responsabilizar a população, pois nesse momento ela é co-participante no processo, uma vez que 80% dos lares apresentam focos do mosquito”, ressaltou Izabel.

A doença – Os sintomas da febre chikungunya são muito parecidos com os da dengue, incluindo dores no corpo, nas articulações, manchas vermelhas na pele e febre de início repentino. O vírus pode afetar pessoas de qualquer idade, mas os sinais e sintomas tendem a ser mais intensos em crianças e idosos. Pessoas com doenças crônicas têm mais chance de desenvolver as formas graves da doença. O vírus causador da febre chikungunya é transmitido pela picada da fêmea de dois mosquitos, o Aedes aegypti, presente em áreas essencialmente urbanas, e o Aedes albopictus, presente majoritariamente em áreas rurais. O mosquito adquire o vírus ao picar uma pessoa infectada e, após um período médio de incubação de dez dias, já se torna capaz de transmitir a doença a um humano.

De acordo com o último boletim da dengue e chikungunya da SES, referente ao período de 1º de janeiro a 3 de março (8ª semana epidemiológica de início de sintomas), foram notificados três casos suspeitos de chikungunya, pertencentes aos municípios de Pombal, Alhandra e Campina Grande, sendo dois deles descartados e um ainda em processo em investigação, aguardando resultado.

A SES-PB informa que todo caso suspeito de chikungunya é de notificação compulsória imediata e deve ser informado em até 24 horas às esferas municipal, estadual e federal, através dos telefones: 0800.281.0023/ 3218-7331/ 8828-2522.

Detran firma parceria com a Famup para iniciar licenciamento das cinquentinhas

Publicado em utilidade pública
Quinta, 19 Março 2015 14:25

 

O Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB) firmou uma parceria com a Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) para contribuir no processo de registro e licenciamento dos ciclomotores de 50 cilindradas, as conhecidas cinquentinhas, que circulam na Paraíba.

A parceria vai facilitar o contato do Detran-PB com as 23 prefeituras da Paraíba que já possuem o trânsito municipalizado, para responder se irão exercer a competência municipal para registrar e licenciar os ciclomotores no âmbito do seu município ou manifestar interesse em celebrar convênio com o órgão. As demais 200 cidades também receberam a minuta do convênio, mesmo o Detran podendo atuar de ofício, conforme estabelece o Código de Trânsito Brasileiro.

De acordo com a resolução 002/2014 do Conselho Estadual de Trânsito (Cetran), os municípios têm até o dia 9 de abril para fazer o procedimento de licenciamento ou para conveniar com o Detran. As cidades de João Pessoa e Campina Grande já sinalizaram que pretendem formalizar o convênio para realizar o processo de registro e licenciamento das ‘cinquentinhas’.

Para o registro, o proprietário deve apresentar os seguintes documentos: Nota Fiscal, RG, CPF, comprovante de residência, laudo de vistoria, comprovante de pagamento dos impostos e taxas e seguro obrigatório.

O superintendente do Detran, Aristeu Chaves, lembra que durante esse primeiro momento de registro, não haverá apreensões de ciclomotores em relação ao licenciamento. “Será realizada uma campanha educativa para orientar a população sobre esse importante processo. Atualmente as apreensões acontecem pela falta de equipamento de segurança e habilitação. Infelizmente sabemos que a grande maioria dos proprietários desses veículos são cidadãos de bem, que utilizam para seu trabalho, mas uma pequena parcela faz mau uso e como não existe um mecanismo de distingui-las todos acabam sendo abordados”, explicou o superintendente.

Atualmente, 58 mil ciclomotores de 50 cilindradas estão circulando pelo Estado e o Detran está desenvolvendo um cronograma e um mecanismo para atender a demanda. O cronograma deverá ser divulgado no próximo mês.

Assentados comercializam mais de 20 toneladas de alimentos orgânicos

Publicado em utilidade pública
Sexta, 20 Março 2015 11:12

 

Agricultores de 56 assentamentos da Paraíba participaram, nesta quinta-feira (19), da terceira edição do Dia Estadual de Combate ao uso de Agrotóxicos na praça de eventos do Ponto Cem Réis, no centro de João Pessoa. Das 7h às 14h, a Feira Agroecológica da reforma agrária comercializou 20,5 toneladas de alimentos cultivados sem agrotóxicos, o equivalente a 85% dos produtos levados para esta edição do evento – um recorde desde a criação da feira.

3a-Edio---Dia-Estadual-de-combate-ao-Uso-de-Agrotxicos---19-03-15---Crd-Isabela-Prado-33Em cerca de 120 barracas padronizadas, os visitantes conheceram um pouco da diversidade de alimentos produzida por assentamentos da reforma agrária paraibanos, incluindo macaxeira, batata, inhame, hortaliças, comidas típicas, ovo de galinha de capoeira, frutas, legumes, alimentos beneficiados e peças artesanais, entre outros produtos das regiões do Alto e Médio Sertão, Brejo, Curimataú, Borborema, Zona da Mata Norte e Sul.

Várias tendas foram montadas para a divulgação das atividades promovidas pelo Incra/PB e por entidades parceiras. Também houve um espaço para as falas das autoridades presentes e para apresentações culturais, como um grupo de ciranda e um trio de forró pé-de-serra.

O superintendente do Incra/PB, Cleofas Caju, elogiou os assentados pela iniciativa da feira, parabenizou os organizadores e destacou os incentivos do Governo Federal à reforma agrária e à produção agroecológica. “A produção de alimentos sem agrotóxicos é o grande diferencial dos assentamentos da reforma agrária. A transição da agricultura tradicional para a agricultura orgânica é estimulada pelas entidades contratadas pelo Incra para prestar Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) nos assentamentos paraibanos”, afirmou.

Para Tânia Maria, da coordenação estadual da Comissão Pastoral da Terra (CPT), 19 de março é um dia de celebrar uma conquista que é resultado de anos de luta. “Hoje é dia de comemorar a mudança no comportamento dos agricultores na plantação, no cultivo e na produção de alimentos. É o dia de mostrar que é possível produzir de forma responsável, sem prejudicar o meio ambiente e a saúde das pessoas”, afirmou.

O agricultor Antônio Pádua, do assentamento Novo Salvador, em Jacaraú, disse que é fundamental conscientizar a população sobre a importância de se consumir produtos orgânicos. “Hoje é um dia de alertar a população sobre a quantidade de agrotóxicos consumida anualmente por cada brasileiro, que é em média de cinco litros e meio. É preciso mostrar para essas pessoas que consumir produtos naturais é estar em defesa da vida”, disse.

A recepcionista Valéria Oliveira, de 42 anos, contou que descobriu na feira a quantidade de agrotóxicos que consome e prometeu rever os alimentos que compra para a família. “Não sabia que os produtos que compro levavam tanto veneno. Confesso que fiquei surpresa e vi que está na hora de repensar minha alimentação e os produtos que levo pra casa. Descobri que no meu bairro tem uma feira agroecológica e vou começar a frequentá-la”, afirmou.

A atividade foi promovida pelo Incra/PB, pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), pelo mandato do deputado estadual Frei Anastácio, pelo Instituto de Assessoria a Cidadania e Desenvolvimento Sustentável (IDS) e pela CPT. A feira contou com o apoio de diversos parceiros que atuam no contexto da reforma agrária, como a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), a Secretaria Estadual da Mulher e da Diversidade Humana (Semdh), a Secretaria Executiva de Segurança Alimentar e Economia Solidária (Sedh), o Fórum Estadual de Economia Solidária, os Núcleos de Agroecologia, empreendimentos solidários, os movimentos e organizações sociais do campo, as entidades de Ater e as Prefeituras de João Pessoa, Pedras de Fogo e Alagoa Grande.

O evento tem como base a Lei estadual 9.781/2012, de autoria do deputado estadual Frei Anastácio (PT), que institui o Dia Estadual de Combate ao uso de Agrotóxicos, com o objetivo de despertar a população para consumo de produtos saudáveis e ambientalmente sustentáveis.

Feiras agroecológicas
Em todo o estado são cerca de 40 feiras agroecológicas realizadas por assentados da reforma agrária. Algumas delas são realizadas em João Pessoa: às sextas-feiras, no Campus I da Universidade Federal da Paraíba (UFPB); aos sábados, no Bairro do Bessa, nas proximidades do Clube dos Médicos; e outra no pátio do Departamento Nacional de Obras Contra As Secas (Dnocs), no Bairro dos Estados.

Polícia detém trio suspeito de passar trotes para o Ciop na Grande João Pessoa

Publicado em utilidade pública
Sexta, 20 Março 2015 23:27

 

As Polícias Militar e Civil reforçam o combate aos trotes para o Centro de Integrado de Operações Policiais (Ciop). Na noite dessa quinta-feira (19), dois homens foram presos e um adolescente foi apreendido no momento em que realizavam um trote para o Corpo de Bombeiros, através do telefone de emergência 193.

De acordo com o capitão Túlio Ramalho, comandante da 4ª Companhia Independente, os três suspeitos estavam em um orelhão na Avenida Engenheiro de Carvalho, em Bayeux. “A coordenadora do Ciop conseguiu rastrear o orelhão de onde eles estavam ligando e avisou aos policiais da Companhia. Enquanto isso, o atendente dos Bombeiros manteve os suspeitos na linha para dar tempo da PM chegar no local, o que aconteceu, resultando na detenção em flagrante do trio”, contou o capitão.

Foram presos Josinaldo Silva de Medeiros, de 22 anos; Arionaldo José de Souza, 18; e apreendido um jovem de 17 anos. Eles foram levados para a 6ª Delegacia Distrital, em Santa Rita, e apresentados com os registros das chamadas realizadas na mesma noite, o que somava mais de dez. Os três foram autuados por perturbação de serviço telefônico e comunicação falsa de crime, condutas previstas no Código Penal nos artigos 266 e 340, respectivamente.

Novas prisões – Mais suspeitos devem ser presos e apreendidos nos próximos dias, já que a Polícia Civil investiga quem são as pessoas responsáveis pelas ligações indevidas ao número 190, do Centro de Operações Policiais (Ciop) da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Seds). Só no mês de fevereiro, foram registradas mais de 14 mil chamadas falsas de emergência para a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros.

Sine-PB disponibiliza 450 vagas para operador de telemarketing

Publicado em utilidade pública
Segunda, 23 Março 2015 16:41

 

O Sistema Nacional de Empregos na Paraíba (Sine-PB) divulgou, nesta segunda-feira (23), a relação de oportunidades de emprego. São cerca de 500 vagas distribuídas em todos os níveis de escolaridade. Entre os destaques, estão 300 vagas para operador de telemarketing receptivo e 150 vagas para operador de telemarketing ativo, além de 15 vagas destinadas a supervisor de telemarketing e atendimento. Há ainda oportunidade de emprego para professor de inglês e oito vagas para cobrador de transporte coletivo.

Os interessados em concorrer às vagas devem procurar a sede do Sine-PB, que fica na Rua Duque de Caxias, 305, no Centro de João Pessoa, próximo ao Terceirão, ou ainda qualquer posto do Sine-PB nas Casas da Cidadania de João Pessoa (Jaguaribe, Tambiá, Mangabeira e Manaíra). Para se cadastrar no Sine, o candidato deve apresentar documentos pessoais, como RG, CPF, currículo e carteira de trabalho. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (83) 3218-6619, (83) 3218-6618 ou (83) 3218-6624. Veja a relação completa:

01-AJUDANTE DE AÇOUGUEIRO
01-AÇOUGUEIRO
20-AJUDANTE DE CARGA E DESCARGAS
04-AUXILIAR DE COZINHA
02-AUXILIAR DE JARDINEIRO
01-BIOMÉDICO
08-COBRADOR DE TRANSPORTE COLETIVO
02-CHURRASQUEIRO
02-CONFERENTE DE MERCADORIA
01-CONFEITEIRO
04-COZINHEIRO DE RESTAURANTE
01-DESENHISTA PROJETISTA MECÂNICO
01-ELETRICISTA DE INSTALAÇÕES PRÉDIAL
01-ELETROTÉCNICO
02-FRENTISTA
01-GERENTE COMERCIAL
01-GERENTE DE POSTO DE VENDAS
01-JARDINEIRO
01-LAVADEIRO EM GERAL
01-MECANICO DE GERADOR
01-MECÂNICO DE REFRIGERADOR
01-MONTADOR DE VIDROS
01-MOTORISTA DE CAMINHÃO GUINCHO PESADO C/MUNCK
03-OPERADOR DE EXTRUSORA DE BORRACHA E PLASTICO
01-OPERADOR DE MÁQUINAS FIXA EM GERAL
150-OPERADOR DE TELEMARKETING ATIVO
300-OPERADOR DE TELEMARKETING RECEPTIVO
01-PROFESSOR DE INGLÊS
15-SUPERVISOR DE TELEMARKETING E ATENDIMENTO
01-TOSADOR
03-TÉCNICO DE REFRIGERAÇÃO
01-TÉCNICO DE SISTEMA DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

Prefeito recebe professores em seu gabinete e tenta novo acordo para por fim à greve da categoria

Publicado em utilidade pública
Terça, 24 Março 2015 11:38

 

O prefeito Luciano Cartaxo se reuniu na noite desta segunda-feira (23) com representantes do magistério para tentar um acordo que coloque fim na greve dos professores do município. Diante de um cenário nacional de dificuldades econômicas, o gestor lembrou o esforço para manter o equilíbrio financeiro da Capital e reforçou a proposta que garante um reajuste salarial de 3%, o que eleva o salário para R$ 2.506, referente a 30 horas de trabalho semanais. O valor representa o segundo melhor salário pago à categoria em todo o Norte e Nordeste do país.

Durante o encontro, o prefeito se comprometeu com a formação de uma comissão que avalie o desenvolvimento do repasse do Fundo Nacional da Educação Básica (Fundeb). Pelo que foi acordado, uma renegociação do percentual oferecido poderá ser feito no mês de agosto caso haja melhoria no volume de repasse dos recursos.

O prefeito também se mostrou favorável a discutir os outros pontos de reivindicação encaminhados pela categoria, inclusive o que trata da elevação de um nível da progressão funcional, o que representaria um ganho imediato de mais 3% para os profissionais que possuem o direito.

Os representantes da categoria se comprometeram a levar a proposta para discussão em assembleia. “Nós entendemos que temos feito todo o esforço para que, de forma responsável, venhamos a garantir o maior aumento possível diante do atual momento econômico”, destacou o prefeito.

Prioridade - Desde o ano de 2013, a Prefeitura Municipal de João Pessoa tem demonstrado um grande volume de investimentos na educação, entre os quais estão R$ 30 milhões aplicados em obras e equipamentos. Em pouco mais de dois anos, foram entregues sete Centros de Referência em Educação Infantil (Crei) e outros dez estarão prontos para receber as crianças até o final do ano.

Além disso, 27 unidades que eram administradas pelo Governo do Estado foram municipalizadas e estão sendo reformadas para atender ao novo padrão de qualidade implementado pela gestão.

Na Educação Fundamental, a Prefeitura da Capital já iniciou a construção de três novas escolas em tempo integral e outras três vão ser iniciadas em breve. Além de investir em estrutura e equipamentos de qualidade, a gestão tem buscado investir na valorização de seus servidores. No total, foram aplicados R$ 2 milhões na qualificação profissional.

Prefeita Francisca Motta dialoga sobre projeto de condomínio fechado para servidores municipais

Publicado em utilidade pública
Quarta, 25 Março 2015 13:30

 

A prefeita de Patos Francisca Motta recebeu em seu gabinete na tarde desta terça-feira (24), a visita de representantes da empresa Nossa Casa Engenharia, para discussões em torno da construção de um conjunto habitacional em condomínio fechado para servidores do município. O momento contou ainda com a participação do presidente em exercício do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região (SINFEMP), José Gonçalves, que veio conhecer a proposta apresentada pela empresa.

Segundo a prefeita, foi uma reunião muito proveitosa, principalmente para que o representante do sindicato dos servidores públicos tivesse conhecimento mais aprofundado sobre o projeto de construção do condomínio. “Tenho certeza que será uma conquista para os servidores do município. Tivemos algumas conversas anteriores sobre o assunto, e de acordo com o projeto apresentado, nota-se que é algo muito viável”, disse.

José Gonçalves, presidente em exercício do SINFEMP, disse a sugestão do sindicato é para cerca de mil moradias, e que sejam construídas em condomínios descentralizados.
“Iremos já marcar uma data para atualização do cadastro dos associados do SINFEMP, para que possamos apresentar toda a demanda à empresa responsável pela construção dessas moradias”, ressaltou o sindicalista.

Márcio Gonzales, representante da empresa Nossa Casa Engenharia, informou que o projeto inicial contempla 233 unidades habitacionais, podendo ser ampliado de acordo com a demanda apresentada.
“A proposta é de um condomínio fechado, com uma ampla área de lazer, e que possua moradias com valores acessíveis para o funcionário público municipal. Inclusive a prefeitura está vendo como facilitar para que esses servidores tenham acesso mais fácil a essa oportunidade”, explicou.

As primeiras 233 casas serão construídas na zona Sul da cidade, em terreno localizado entre o bairro Nova Conquista e o Alto da Tubiba. Dentro de 30 dias, os representantes da empresa voltarão para apresentar o projeto junto aos servidores municipais cadastrados no SINFEMP.

Compartilhe nas Redes Sociais!

Temos 175 visitantes e Nenhum membro online

Telefones Úteis

Energisa - (83) 2106-7000
Ultragás - (83) 3292-2217
Audicon - (83) 3246-0599
Cagepa - 115
GVT - 10325
NET - 10621
SKY - 10611
Tely - (83) 3049-4229
Polícia - 190
Bombeiros - 193
SAMU - 192
(83) 3216-2500
Dele.da Mulher
(83) 3218-5316

Entre em Contato

 

Av. Senador Ruy Carneiro, 636 sl 201

Manaíra, João Pessoa, Paraíba, Brasil

Tel: (83) 3021-8885 - Cel: (83) 98725-1693

Email: redacao@24horaspb.com

Website: http://www.24horaspb.com

JoomShaper