Suspeito de atentado contra Maduro morre na Venezuela

Escrito por  G1
Publicado em Mundo
Terça, 09 Outubro 2018 00:10

Partido ao qual pertencia Fernando Albán afirma que ele morreu 'assassinado' pelo regime de Maduro

O Ministério Público venezuelano afirmou nesta segunda-feira (08/10) que o vereador Fernando Albán Salazar (na foto), supostamente envolvido na tentativa de atentado com drones contra o presidente Nicolás Maduro há pouco mais de dois meses, se suicidou ao se atirar do décimo andar de um prédio do Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional (Sebin) quando seria transferido para um tribunal.

O caso ocorrido em Caracas foi anunciado pelo procurador-geral Tarek Saab. A versão oficial é que Albán, vereador na cidade de Libertador, estava numa sala de espera do Sebin quando pediu para ir ao banheiro, e de lá se jogou pela janela.

Albán, do partido de oposição Primero Justicia, foi preso na última sexta-feira e, segundo seus colegas de organização, seria apresentado nesta segunda para uma audiência. O partido afirma que Albán "morreu assassinado nas mãos do regime de Nicolás Maduro".

Lido 16 vezes

Compartilhe nas Redes Sociais!

Temos 123 visitantes e Nenhum membro online

Telefones Úteis

Energisa - (83) 2106-7000
Ultragás - (83) 3292-2217
Audicon - (83) 3246-0599
Cagepa - 115
GVT - 10325
NET - 10621
SKY - 10611
Tely - (83) 3049-4229
Polícia - 190
Bombeiros - 193
SAMU - 192
(83) 3216-2500
Dele.da Mulher
(83) 3218-5316

Entre em Contato

 

Av. Senador Ruy Carneiro, 636 sl 201

Manaíra, João Pessoa, Paraíba, Brasil

Tel: (83) 3021-8885 - Cel: (83) 98725-1693

Email: redacao@24horaspb.com

Website: http://www.24horaspb.com

JoomShaper