Vítima de Neymar tem hematomas e estresse pós trauma

Escrito por  iG Esportes
Publicado em Esportes
Segunda, 03 Junho 2019 19:02

Exame, com imagens anexadas, mostra lesões grandes e escuras na região das nádegas e das pernas

Alguns dias depois de supostamente ter sido vítima de estupro por parte de Neymar (na foto), na cidade de Paris, a mulher que acusa o jogador passou por uma série de exames de corpo de delito, realizados já no seu retorno ao Brasil.

O laudo médico dos exames realizados no dia 21 de maio, seis dias depois do encontro da moça com Neymar na capital francesa, aponta hematomas pelo corpo, problemas gástricos, perda de peso e sintomas de estresse pós-traumático. As informações são do "UOL".

O documento assinado por um médico particular de um renomado hospital de São Paulo detalha esses hematomas com imagens anexadas, mostrando lesões grandes e escuras na região das nádegas e das pernas.

O laudo ainda informa quadro de "dor, perda de peso, ansiedade e problemas gástricos pós-episódio de estresse emocional e hematomas provenientes de agressões na região das nádegas e pernas".

O diagnóstico é de transtorno misto ansioso e depressivo e síndrome dispética - um conjunto de sintomas gástricos e traumatismos superficiais múltiplos.

Outro crime

Quando revelou o diálogo com a moça nas suas redes sociais, o jogador também mostrou fotos íntimas da mulher, sendo uma delas, inclusive, tirada pelo próprio Neymar. Ao fazer isso, ele acaba cometendo um crime por expor cenas de nudez.

"Divulgar as imagens da mulher nua é crime , com punição de um a cinco anos de prisão", afirmou o advogado criminalista Eugenio Pacelli em conversa com o iG. "Claro que o jogador vai dizer que fez isso em tentativa de se defender, para demonstrar que tudo o que houve entre eles era consentido, mas esse essa exposição é uma infração", garante.

O Código Penal prevê no artigo 218-C que é crime "oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, vender ou expor à venda, distribuir, publicar ou divulgar, por qualquer meio - inclusive por meio de comunicação de massa ou sistema de informática ou telemática -, fotografia, vídeo ou outro registro audiovisual que contenha cena de estupro ou de estupro de vulnerável ou que faça apologia ou induza a sua prática, ou, sem o consentimento da vítima, cena de sexo, nudez ou pornografia".

A pena prevista para o crime é de um a cinco anos de prisão. E Neymar corre esse risco.

Lido 86 vezes

arteAlberto001 500b

Compartilhe nas Redes Sociais!

Temos 184 visitantes e Nenhum membro online

Telefones Úteis

Energisa - (83) 2106-7000
Ultragás - (83) 3292-2217
Audicon - (83) 3246-0599
Cagepa - 115
GVT - 10325
NET - 10621
SKY - 10611
Tely - (83) 3049-4229
Polícia - 190
Bombeiros - 193
SAMU - 192
(83) 3216-2500
Dele.da Mulher
(83) 3218-5316

Entre em Contato

 

Av. Senador Ruy Carneiro, 636 sl 201

Manaíra, João Pessoa, Paraíba, Brasil

Tel: (83) 3021-8885 - Cel: (83) 98725-1693

Email: redacao@24horaspb.com

Website: http://www.24horaspb.com

JoomShaper