Guedes: renegociação da dívida pública está fora de questão

Escrito por  G1
Publicado em Economia
Terça, 06 Novembro 2018 16:27

Futuro ministro da Economia afirmou que houve mal-entendido por parte de Bolsonaro quando o presidente eleito disse que novo governo poderia renegociar a dívida

Indicado para o cargo de ministro da Economia do futuro governo Jair Bolsonaro, o economista Paulo Guedes (na foto) afirmou nesta quarta-feira (06/11) que está "fora de questão" a nova gestão renegociar a dívida pública. Guedes conversou com a imprensa ao chegar ao Ministério da Fazenda para uma audiência com o atual ministro da Fazenda, Eduardo Guardia.

Nesta segunda-feira (05/11), Bolsonaro disse, em entrevista à Band, que a dívida interna não é "impagável", mas precisa ser renegociada. Na entrevista, o presidente eleito falou que, "um bom ministro da Economia" poderia conduzir essas renegociações de forma bastante responsável.

O futuro ministro da Economia ressaltou nesta terça que houve um mal-entendido por parte de Bolsonaro. Segundo Paulo Guedes, "não se pensa nisso", ainda que exista uma preocupação do novo governo com a dívida pública.

"Durante a campanha, falei que tinha uma despesa de juros demasiada, de US$ 100 bilhões por ano. É como reconstruir uma Europa por ano. Os juros são recessivos. Falei tantas vezes que o presidente pode ter entendido que íamos renegociar a dívida, mas isso está fora de questão", declarou a jornalistas.

Reforma da Previdência

O futuro ministro da Fazenda também declarou que o novo governo vai sondar a atual legislatura do Congresso Nacional para ver se é possível aprovar o texto da reforma da Previdência apresentado pelo presidente Michel Temer. A proposta de emenda constitucional já passou por uma comissão especial do Legislativo, mas ainda precisa ser submetida a votações nos plenários da Câmara e do Senado.

"Vamos sondar a classe política para ver se conseguimos aprovar isso [atual versão da reforma]. Do ponto de vista econômico, é extraordinário. É um bom fecho para o governo anterior, você desentope o horizonte de dúvidas e o Brasil já entra crescendo no ano que vem", declarou Guedes.

Em meio à entrevista, o futuro ministro aproveitou para pedir apoio do Congresso Nacional: "Por favor, classe política, nos ajude a aprovar a [reforma da] Previdência. Previdência, previdência, nos ajude a fazer isso."

Segundo Paulo Guedes, o presidente eleito tem os votos populares, e o Congresso tem a capacidade de aprovar ou não a reforma. "A bola está com eles. Prensa neles! [parlamentares]", declarou.

O futuro ministro, contudo, disse que, se os articuladores políticos do novo governo avaliarem que ainda não há votos suficientes para aprovar a reforma, Bolsonaro não apoiaria a votação.

"Ele [presidente eleito] não tem nada a ver com o que aconteceu até hoje. O que aconteceria? Perderíamos quase um ano. Vamos ter de abrir ano que vem falando de uma nova reforma", ponderou Guedes.

Caso não seja possível aprovar a atual versão da reforma da Previdência, o futuro comandante da economia afirmou que o próximo governo apresentará uma proposta diferente. Guedes defendeu a implantação de um regime de capitalização, no qual o cidadão deve poupar para garantir sua própria aposentadoria. No modelo atual, de repartição, os trabalhadores atuais pagam os benefícios dos aposentados.

"Nossa proposta é diferente. Ela é mais profunda, abre espaço, inclusive, para um enorme aumento do ritmo de empregos. [...] Precisamos trazer as futuras gerações brasileiras para um sistema previdenciário diferente. É um crime contra as futuras gerações continuar em um sistema de repartição", disse o futuro ministro da Economia.

Lido 29 vezes

Xuxucão Petshop no Cabo Branco!

xuxucao

Hospedagem de sites Ycorn

ycorn

O Melhor em Servidores

ycorn2

Compartilhe nas Redes Sociais!

Temos 109 visitantes e Nenhum membro online

Telefones Úteis

Energisa - (83) 2106-7000
Ultragás - (83) 3292-2217
Audicon - (83) 3246-0599
Cagepa - 115
GVT - 10325
NET - 10621
SKY - 10611
Tely - (83) 3049-4229
Polícia - 190
Bombeiros - 193
SAMU - 192
(83) 3216-2500
Dele.da Mulher
(83) 3218-5316

Entre em Contato

 

Av. Senador Ruy Carneiro, 636 sl 201

Manaíra, João Pessoa, Paraíba, Brasil

Tel: (83) 3021-8885 - Cel: (83) 98725-1693

Email: redacao@24horaspb.com

Website: http://www.24horaspb.com

JoomShaper