Brasil abriu mais de 35 mil vagas de trabalho formais em julho

Escrito por  Agência Brasil
Publicado em Economia
Quarta, 09 Agosto 2017 19:30

Dados foram divulgados pelo Ministério do Trabalho e mostra melhor resultado para o mês desde julho de 2014 em todo o Brasil; veja os dados

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quarta-feira (09/08) pelo Ministério do Trabalho apontam que no mês de julho foram geradas 35.900 vagas de trabalho formais de emprego no País.

O resultado apresentado é o melhor para o período desde 2014, período em que foram abertas 11.796 vagas de trabalho formais, ou seja, com carteira assinada. Em junho o Caged identificou que 1.167.770 contratações, sendo que 1.131.870 de trabalhadores foram demitidos e receberam verbas rescisórias.

Os dados apontam que, pelo quarto mês consecutivo, o Brasil registrou contratações de profissionais com carteira assinada, sendo que o saldo de contratações superou o de demissões no período. Segundo dados oficiais divulgados pelo Ministério, esse foi o melhor mês de julho em quatro anos. No mesmo mês de 2015 e do ano passado, respectivamente, foram fechadas 157.905 e 94.724.

Entre janeiro a julho de 2017, foram abertas 103.258 postos de trabalho com carteira assinada, enquanto no mesmo período do ano passado, 623.520 trabalhadores ficaram desempregados. Não foi informada a série histórica do resultado obtido pelo Caged, para ter base de comparação.

Para o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, os próximos meses também serão de resultados positivos no mercado de trabalho, com maior geração de postos com carteira assinada. "Estou acreditando teremos números bem melhores em agosto. A construção, que estávamos há 33 meses com números negativos, registrou números positivos [abertura de vagas]", disse.

Para Nogueira, o resultado positivo mostra que o Brasil está no “rumo certo” e fez elogios a conduta do governo no enfrentamento da crise. “O governo está tomando todas as medidas necessárias para colocar o Brasil no rumo do crescimento econômico e da recuperação do emprego”.

Setores

O saldo positivo mensal foi impulsionado pelo setor da indústria da transformação, que criou 12.594 vagas. O comércio abriu 10.156 vagas e o setor de serviços, 7.714. A agropecuária vem logo atrás, com a criação de 7.055 vagas. Por fim, a construção civil teve criação de 724 vagas. Segundo o Ministério do Trabalho, é a primeira vez em 33 meses que a construção civil teve desempenho positivo na criação de empregos.

Ainda na opinião do Ministro do Trabalho, o saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço ( FGTS ) influenciaram no aumento das vagas de trabalho formais no período analisado pelo Caged. "Foram liberados para o trabalhador R$ 44 bilhões das contas inativas do Fundo de Garantia [do Tempo de Serviço]. O trabalhador teve o direito de usufruir desse dinheiro da forma mais conveniente. Ou pagar contas, ou utilizar desse dinheiro para fazer investimentos. E isso influenciou no crescimento [do emprego] da indústria da transformação".

Lido 68 vezes Última modificação em Quarta, 09 Agosto 2017 19:35

Deixe um comentário

Xuxucão Petshop no Cabo Branco!

xuxucao

Método OAB NUNCA+

OAB NUNCA

Faça a Viagem dos seus Sonhos ✈

passagens

Importe de maneira Fácil e Rápida!

cegonha

Compartilhe nas Redes Sociais!

Temos 313 visitantes e Nenhum membro online

Telefones Úteis

Energisa - (83) 2106-7000
Ultragás - (83) 3292-2217
Audicon - (83) 3246-0599
Cagepa - 115
GVT - 10325
NET - 10621
SKY - 10611
Tely - (83) 3049-4229
Polícia - 190
Bombeiros - 193
SAMU - 192
(83) 3216-2500
Dele.da Mulher
(83) 3218-5316

Entre em Contato

 

Av. Senador Ruy Carneiro, 636 sl 201

Manaíra, João Pessoa, Paraíba, Brasil

Tel: (83) 3021-8885 - Cel: (83) 98725-1693

Email: redacao@24horaspb.com

Website: http://www.24horaspb.com

JoomShaper