Como bloquear apps por impressão digital no Android

Publicado em Tecnologia
Quarta, 09 Janeiro 2019 15:33

Você pode utilizar o leitor de digitais do seu celular como um requerimento para desbloquear o acesso ao conteúdo de um programa que esteja instalado

Em seu celular com o Android, você deve possuir alguns aplicativos instalados que queira manter protegidos para que outras pessoas não o acessem. Uma alternativa, pode ser até o uso de um launcher para protegê-los por senha, mas esse método pode não ser tão eficaz quanto uma proteção via impressão digital.

Felizmente, com o uso de apps da Google Play, você pode utilizar o leitor de digitais do seu celular como um requerimento para desbloquear o acesso ao conteúdo de um programa que esteja instalado. A seguir, veja como bloquear um aplicativo no Android, como o WhatsApp por impressão digital ou a sua galeria de fotos, por exemplo.

Importante

Antes de prosseguir para o passo-a-passo, é necessário que o seu celular com Android já esteja configurado com uma impressão digital para o desbloqueio dele, uma vez que o programa utilizará esta configuração para funcionar.

Caso você não tenha este item habilitado, basta entrar na parte de “Configurações” do sistema e defini-lo no item “Tela de bloqueio e segurança”. Dependendo da marca de seu aparelho, este nome pode variar, entretanto, a maioria das marcas já permitem configurar as impressões digitais durante a primeira configuração do Android.

Bloqueando o acesso a aplicativos com impressão digital
O processo de configuração do aplicativo utilizado a seguir é simples, mas requer algumas etapas extras que o deixam ainda mais protegido. Confira:

1- Acesse a Google Play e realize o download do programa Applock de impressão digital;

2 - Ao abrir o aplicativo pela primeira vez, toque em “Create a PIN” ou em “Create a Pattern” para criar um mecanismo de bloqueio do Applock;

Reprodução

3- Na mensagem que aparece, clique em “Cancel” e, então, vá em “Turn on Permission”;

Reprodução

4 - Deslize a tela para baixo e localize o “App Lock”. Entre nele e habilite sua chavinha para lhe conceder as permissões necessárias para o seu funcionamento;

Reprodução

5 - Depois de conceder a permissão, toque no botão “Voltar” de seu aparelho para ir até sua tela inicial.

Agora que o aplicativo “Applock de impressão digital” já tem as permissões necessárias para funcionar, é preciso definir quais são os aplicativos que ele protegerá. Confira como prosseguir:

1 - Na tela inicial do aplicativo, toque em “All apps” e encontre o programa que deseja bloquear;

Reprodução

2 - Marque a chavinha ao lado dele;

Reprodução

3 - Agora, na parte superior do programa, toque no ícone representado por uma “engrenagem” e marque as opções “Use fingerprint as lock type” e “Stop unauthorized uninstalls”. Esta segunda função servirá para impedir que o Applock seja desinstalado sem a sua impressão digital, já que isto poderia ser uma brecha de segurança.

Reprodução

Pronto! Neste momento, os programas que você deixou com a “chavinha” habilitada dentro do “Applock de impressão digital” já estarão protegidos. Assim, ao tentar abri-los, será necessário desbloqueá-los usando o leitor de impressões digitais de seu aparelho. Se por algum motivo você desejar remover algum bloqueio, basta desabilitar a chavinha de dentro do programa ou, removê-lo de seu Android por completo para tirar qualquer proteção que ele tenha adicionado ao sistema.

 

Dinamarca vai construir versão europeia do Vale do Silício

Publicado em Tecnologia
Segunda, 14 Janeiro 2019 19:03

O complexo será construído em nove ilhas artificiais, numa área equivalente a 420 campos oficiais de futebol

Dentro de alguns anos, a zona costeira de Copenhague, capital dinamarquesa banhada pelo Mar Báltico, deve começar a ganhar novos contornos. Mais especificamente, nove ilhas artificiais gigantescas, cuja área somada alcançará 3 milhões de metros quadrados — ou 420 campos de futebol oficiais. É o que promete o governo da Dinamarca em parceria com prefeitos locais, que contrataram o estúdio de arquitetura Urban Power para tocar o projeto (na foto acima).

O plano das autoridades é criar um novo espaço totalmente sustentável, que vai mesclar geração de energia com áreas para o lazer e atividades ao ar livre e, principalmente, estabelecimentos comerciais e industriais. Em meio a usinas eólicas, muitas áreas verdes destinadas aos esportes e refúgios para a vida selvagem, o governo dinamarquês espera atrair indústrias inovadoras com pesquisas em áreas como sustentabilidade, ciências da vida e setores ainda imprevisíveis que venham a surgir no futuro.

Basicamente, a ideia é que as Holmene (do dinamarquês “Ilhotas”) se estabeleçam como um futurista Vale do Silício no continente europeu. Estimadas para iniciarem em 2022, as obras serão feitas sem pressa, uma ilha de cada vez, com a primeira delas ficando pronta em seis anos. A última só será entregue em 2040. “Assim não ficará a impressão de um projeto inacabado, caso uma nova recessão econômica apareça”, explicou o arquiteto Arne Cermak Nielsen, da Urban Power, em entrevista ao site New Atlas.

A dimensão do empreendimento impressiona. Ele deve movimentar 26 milhões de metros cúbicos de terra — o suficiente para encher 10,4 mil piscinas olímpicas. Toda essa terra será reaproveitada de obras do metrô e de outros projetos arquitetônicos da região. Apenas 10 quilômetros irão separar o centro de Copenhague das ilhas, localizadas ao sul da capital dinamarquesa. Estima-se que os investimentos no projeto cheguem a € 425 milhões.

Nasa relata passagem de gigante asteroide perto da Terra

Publicado em Tecnologia
Segunda, 14 Janeiro 2019 19:35

Cientistas acreditam que seja necessário rastrear os movimentos do corpo celeste

Um gigante asteroide descoberto por radares no mês passado voou perto da Terra durante as primeiras horas desta segunda-feira (14/01).

O corpo celeste, apelidado pela Nasa de Asteroide 2019 AG3, provocou o chamado "Earth Close Approach" (na foto), ou seja, abordagem perto da Terra. Segundo os cientistas do Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) da NASA, eles detectaram o voo do asteroide às 2h18 GMT (00h18 em Brasília).

Entretanto, a Nasa não espera que um asteroide atinja a Terra em breve, porém, devido ao seu tamanho, cientistas acreditam que seja necessário rastrear os movimentos do corpo celeste, segundo artigo publicado pelo jornal Express.

O laboratório da Nasa estima que o asteroide AG3 meça em torno de 64 a 140 metros de diâmetro, sendo assim, o asteroide seria o dobro da envergadura de um avião Boeing 747.

Além disso, com essas medidas o asteroide passa a ser considerado um "asteroide potencialmente perigoso", caso ele se aproxime da Terra. Atualmente, o asteroide potencialmente perigoso mais conhecido é o asteroide Apollo, que possui um diâmetro estimado em 7 km.

Segundo o relatório da Nasa, objetos pertos da Terra e com mais 140 metros de diâmetro possuem um grande potencial de causar danos ao entrar em regiões ou continentes, pois poderiam atingir a Terra com uma energia mínima de mais de 60 megatons de TNT, ou seja, muito mais poderoso do que uma arma nuclear.

Atualmente, a Nasa e seus parceiros catalogaram aproximadamente um terço dos 25.000 objetos próximos à Terra que possuem no mínimo 140 metros de diâmetro.

Conforme a Nasa, o asteroide AG3 se desviou da Terra em mais de 4,9 milhões de km, o que é equivalente a 12,86 distâncias lunares ou 12,86 vezes a distância da Terra à Lua.

O AG3 voou a uma velocidade alucinante de mais de 14,62 km/s.

Android mais poderoso do mundo será lançado no fim do mês

Publicado em Tecnologia
Terça, 15 Janeiro 2019 10:32

O Z5 Pro GT, da Lenovo, será o primeiro a smartphone contar com o Snapdragon855

A lista de celulares Android mais potentes do mundo deve mudar consideravelmente a partir do dia 29 de janeiro. A data marca o lançamento do Z5 Pro GT (na foto), o novo smartphone da Lenovo que será o primeiro do mercado a contar com o processador Snapdragon 855 da Qualcomm.

O processador novinho não é a única característica que deve colocar o celular da Lenovo no topo da lista dos mais potentes do mundo no momento de seu lançamento. Além do chip, que usa um processo de 7 nanômetros, que garante melhor desempenho e melhor economia de bateria, o dispositivo também contará com 12 GB de memória RAM, o que é o máximo já visto em um smartphone.

O resto das configurações é bastante simples. O dispositivo conta com uma tela OLED de 6,4 polegadas, o que é bem grande, mas em compensação sua resolução não é lá muito alta, ficando na categoria Full HD+ (2340x1080). Apesar de a tela não ser muito definida, isso ajuda a economizar energia, o que é interessante quando combinado com uma bateria não muito grande de 3.350 mAh.

Por fim, o dispositivo contará com quatro câmeras, sendo que duas delas ficarão na frente, e duas atrás. O conjunto traseiro é composto de um sensor de 24 megapixels e outro de 16 MP, enquanto o frontal é de 16 MP e 8 MP. O dispositivo também não conta com entalhe na tela, então os sensores frontais ficam escondidas por um mecanismo deslizante.

O aparelho chegará à China em múltiplas configurações, sendo que a mais potente terá o preço sugerido de 4.400 yuans, o que equivale a aproximadamente R$ 2.400.

Mustang Shelby GT500 é a estrela do Salão de Detroit

Publicado em Tecnologia
Terça, 15 Janeiro 2019 10:34

Cupê com motor de 700 cavalos bate recorde de potência para o modelo e pode acelerar de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos

A Ford apresenta três principais novidades no Salão de Detroit 2019. A primeira delas fica por conta da nova geração do Mustang Shelby GT 500, a mais potente da história do lendário cupê. O carro chega ao mercado americano no final de setembro e sem previsão de desembarcar no Brasil. Vem com um insano motor V8, sobrealimentado, de 5.2 litros de cilindrada, com mais de 700 cv.

Com tanta potência, é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos, de acordo com a fabricante, que também diz que o carro pode percorrer os primeiros 400 metros em meros 11 segundos. Para conter todo esse ímpeto esportivo, alguns componetes vieram do supercarro GT, como os freios Brembo e o sistema de transmissão com dupal embreagem, item cujos detalhes foram explicados pela engenharia na Ford no Salão de Detroit 2019 .

O pacote especial do novo Shelby GT 500 também inclui os pneus Michelin, além da estrutura e da aerodinâmica, itens desevolvidos nas pistas de corrida, bem como o compressor de alumínio. Outros destaques também incluem os pistões com bielas forjadas, reforços estruturais e melhorias na parte de refrigeração.

O Shelby GT500 2020 tem um visual funcional e empolgante que transmite a sua capacidade dinâmica, desenvolvido por uma equipe multifuncional de designers, engenheiros da Ford Performance e colaboradores do automobilismo esportivo.

"Desde a grade dianteira dupla, com um fluxo de ar de resfriamento 50% maior que o do Shelby GT350, até os componentes aerodinâmicos e de força descendente mais avançados que já oferecemos, cada milímetro do Shelby GT500 tem como objetivo melhorar o desempenho", disse Melvin Betancourt, gerente de design da Ford .

Para despejar toda essa potência no asfalto são usados dois tipos de pneus Michelin, com compostos e bandas de rodagem especiais: Pilot Sport 4S, personalizados da Ford Performance, e Pilot Sport Cup 2. O poder de frenagem é garantido por discos duplos de freio de 420 mm – os maiores de todos os cupês esportivos norte-americanos –, com pinças Brembo maiores e mais rígidas, de seis pistões. Com área de varredura 20% maior que a do Shelby GT350, esses freios têm mais de 30% de massa térmica adicional nas rodas dianteiras.

A grade com aberturas grandes e o capô musculoso contribuem para o design aerodinâmico e agressivo do Shelby GT500, inspirado nos modernos caças a jato. Os para-lamas dianteiros mais largos, com rodas especiais de 20x11 polegadas, são proporcionalmente alinhados aos para-lamas traseiros, que alojam rodas de 20x11,5 polegadas. O novo spoiler traseiro e o difusor traseiro feito com novos materiais compostos contribuem para melhorar o gerenciamento térmico.

O novo Shelby GT500 conta com dois pacotes de opcionais voltados à performance. O “Handling Package” inclui suportes ajustáveis de montagem dos amortecedores ​​e spoiler com aba “Gurney”. Para os fãs mais extremos, há o pacote com rodas de fibra de carbono aparente de 20 polegadas, rodas traseiras meia polegada mais largas (11,5 polegadas), pneus Michelin Pilot Sport Cup 2 personalizados, aerofólio ajustável GT4 e divisor de fibra de carbono aparente. O banco traseiro é eliminado para reduzir o peso.

Mais da Ford no Salão de Detroit

O segundo grande destaque da Ford no Salão de Detroit 2019 é o novo SUV Ford Explorer, mostrado, inclusive nas versões híbrida e esportiva ST. O carro vem com sistema de tração integral com sete modos diferentes de funcionamento acoplado ao motor V6 EcoBoost que rende até 365 cavalos na versão mais potente.

O novo SUV também pode ser equipado com sistema multimídia de 8 polegadas e câmbio automático de 10 marchas (já disponível no Mustang), sistema que faz o carro estacionar sozinho, mesmo em vagas paralelas, controle de velocidade de cruzeiro adaptativo, acesso à internet a bordo, câmera traseira autolimpante, alertas de mudança indevida de faixa e de colisão imimente, entre outros itens.

A nova geração do Explorer faz parte das novidades da marca em 2020. De acordo com o CEO da Ford, James Hackett, "ao final de 2020, a Ford irá renovar 75% de sua linha nos Estados Unidos" . A renovação vai incluir modelos híbridos e elétricos. Por sua vez, o presidente executivo da Ford, William Clay Ford Jr, comentou durante a coletiva de imprensa do Salão de Detroit (EUA) que "os lançamentos de novos produtos este ano nos proporcionará a linha mais atualizada entre carros e picapes".

E a terceira principal novidade da Ford no Salão de Detroit é o carro de polícia Ford Interceptor , com tecnologia híbrida. Conta com motor V6 3.7, capaz de fazer uma aceleração de 0 a 100 km/h em apenas 4,7 segundos. Além disso, entre os recursos disponíveis para o patrilhamento há como rastrear 270 graus de uma área para detectar movimentos suspeitos. Uma vez identificada uma ameaça à segurança os policiais podem fazer o monitoramento com ajuda de uma série de equipamentos a bordo.

O SUV de polícia da Ford mantém a tradição da marca americana quando o assunto é viatura policial. A marca é conhecida, entre outros modelos, pelos sedãs Crown Victoria, que chegaram a participar, inclusive, de cenas de vários filmes de Hollywood.

O Ford Interceptor é outro modelo da marca no Salão de Detroit 2019 que vem com o câmbio automático de 10 marchas e faz parte dos poucos carros que podem sofrer impactos na traseira a uma velocidade de até 120 km/h, ante 80 km/h do padrão convencional. Também é projetado com estrutura reforçada para suportar impactos durante perseguições. Bom também é que deram maior atenção à parte de refrigeração e aos freios para que o SUV tenha resistência extra na ação contra os bandidos, inclusive em trechos alagados.

Proteja suas extensões no Chrome para evitar vazamentos

Publicado em Tecnologia
Sexta, 18 Janeiro 2019 10:06

O histórico de navegação na internet, objeto de desejo de empresas que desejam nos vender algo

Com a privacidade na internet sendo cada vez mais debatida - e desejada - principalmente por causa dos grandes vazamentos de dados e ao uso pernicioso de big data, há uma série de empresas pensando em como preservar apenas ao usuário tudo o que ele faz na web. E o histórico de navegação na internet, objeto de desejo de empresas que desejam nos vender algo, é um dos focos atuais de atenção. E as extensões de navegadores estão na mira dos dois lados do processo.

Se por um lado esses componentes podem abrir portas para hackers, por outro, felizmente, com um pouco de conhecimento, também é possível se proteger.

No Chrome, você pode limitar o acesso a qualquer extensão removendo as permissões concedidas ao instalá-la. Para fazer isso, acesse o menu do Chrome "://extensions/" na barra de endereço. Agora clique no botão "Detalhes" do plug-in em questão.

Se for uma extensão que deve funcionar apenas em determinados websites, você pode limitar o acesso a sua atividade abrindo a lista suspensa "Em todos os sites" e selecionando a opção "Em sites específicos". Se for uma extensão que só deve funcionar quando você clica nela, escolha "Ao clicar".

Reprodução

Essas mesmas opções são acessíveis a partir da barra do navegador clicando com o botão direito do mouse no ícone de qualquer extensão que possa ver sua atividade (nem todos têm permissão para isso).

Reprodução

Dito isso, se você estiver preocupado com o fato de o Google ter acesso ao seu histórico de navegação, mas não quiser parar de usar o Google Chrome, tente alternativas com base no projeto de código aberto do Chromium. Um dos mais usados é o Brave, um navegador multiplataforma criado pelo fundador da Mozilla e que impede o rastreamento por terceiros e blocos de publicidade invasivos.

Uber estuda projetos de bicicletas e patinetes elétricos

Publicado em Tecnologia
Segunda, 21 Janeiro 2019 21:23

A companhia, inclusive, já estaria contratando profissionais para criar esses tipos de veículos

Após os carros, as bicicletas e patinetes podem ganhar tecnologia autônoma da Uber. Segundo o CEO da 3D Robotics, Chris Anderson, a novidade foi revelada pela Uber Advanced Technologies neste final de semana em um evento interno. A companhia, inclusive, já estaria contratando profissionais para criar esses tipos de veículos.

De acordo com Chris Anderson, a ideia é que as bicicletas autônomas do Uber sejam capazes de se dirigir sozinhas para postos de recarga ou para locais mais seguros. O desenvolvimento dos novos veículos ficará a cargo da Uber Micromobilty Robotics, que será subsidiária da empresa de compartilhamento de bikes elétricas Jump.

“O time de ‘Novas Mobilidades’ do Uber está explorando formas de melhorar a segurança, experiência do usuário e eficiência operacional dos nossos patinetes elétricos e bicicletas através da aplicação de tecnologias sensoriais e robóticas”, diz um formulário de emprego do Uber ATG publicado pelo TechCrunch. A empresa, contudo, não revelou o tamanho da equipe que tomará conta desse projeto.

Ao contrário dos carros, tudo indica que as bicicletas autônomas não irão conduzir os usuários pelas ruas até o seu destino. Inicialmente, os planos do Uber seriam aplicar a inteligência artificial na eficiência do negócio, fazendo com que seja necessário menos mão de obra humana para organizar a frota nas ruas. Entre os cenários possíveis, estaria a substituição automática de veículos com baixa bateria nas ruas.

Apesar da divulgação dos planos, o Uber se recusou a comentar o desenvolvimento de bicicletas e patinetes autônomos. Nos último mês, a empresa anunciou um novo modelo de suas bikes com baterias removíveis e capacidade de autodiagnóstico. A companhia também manifestou a intenção de trazer a Jump para o Brasil ainda este ano.

Google recebe multa milionária por violação de privacidade

Publicado em Tecnologia
Terça, 22 Janeiro 2019 10:29

O órgão regulador acusa a gigante de buscas de violar as regras da lei de proteção de dados da União Europeia

O Google recebeu uma multa de 50 milhões de euros (cerca de R$ 213 milhões) da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNIL) da França na segunda-feira (21/01). O órgão regulador acusa a gigante de buscas de violar as regras da lei de proteção de dados da União Europeia, a GDPR, que entrou em vigor em maio 2018. Esta é a maior punição aplicada sob a nova legislação e a primeira a uma gigante da tecnologia.

De acordo com o CNIL, o Google teria falhado ao fornecer informações aos usuários sobre sua política de consentimento de dados. Além disso, a empresa não teria dado poder suficiente ao internauta para escolher como as suas informações são usadas, o que é mandatório na GDPR. O órgão regulador diz ainda que essas falhas ainda não foram corrigidas, o que pode abrir margens para novas punições.

A lei de proteção de dados da União Europeia exige que as empresas tenham o consentimento claro dos consumidores antes de coletar suas informações pessoais. Embora a multa de 50 milhões de euros seja bastante elevada, a punição sequer chega perto do limite de 4% dos lucros anuais permitidos pelo GDPR. No caso do Google, o valor poderia chegar à casa dos bilhões de euros.

Em resposta à publicação do The Verge, um porta-voz do Google afirmou que a companhia está “profundamente empenhada” em alcançar os “altos níveis de transparência e controle” buscados pelos usuários. A empresa também disse que vai analisar a decisão desta segunda-feira, 21, antes de tomar os próximos passos. Além do órgão francês, grupos de consumidores em sete países europeus processam o Google com base na GDPR.

Nos últimos meses, a privacidade online e o uso de dados de usuários tem gerado discussões ao redor do mundo. No Brasil, a GDPR serviu como base para a criação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais. A legislação ainda se encontra em fase de adaptação e só deve entrar em vigor em 2020.

Moto G7 vaza no site da própria Motorola no Brasil

Publicado em Tecnologia
Sexta, 25 Janeiro 2019 20:41

Fabricante também deve apresentar Moto G7 Play, Moto G7 Plus e Moto G7 Power

Moto G7 pode trazer tela com notch em forma de gota d'água — Foto: Reprodução/Cnet

A ficha técnica do Moto G7 foi revelada acidentalmente na internet, a partir do próprio site da Motorola no Brasil. Segundo o site especializado Cnet, os detalhes dos futuros celulares estavam acessíveis numa área do portal oficial destinada a colaboradores. A expectativa é de que linha sucessora do atual Moto G6 tenha quatro variantes – todas com notch. O destaque fica por conta do possível Moto G7 Power, que deverá contar com a bateria mais potente do quarteto.

Questionada pela Cnet, a Motorola não confirmou os supostos celulares, mas tirou a página do ar e ainda agradeceu: “obrigado por avisar”. “A política da Motorola é não comentar sobre produtos não anunciados”, informou o escritório brasileiro ao TechTudo.

Os integrantes da linha Moto G7 serão conhecidos em 7 de fevereiro, data em que a fabricante fará um evento de lançamento em São Paulo.

As informações corroboram os rumores a respeito do notch dos celulares. Ao que tudo indica, os smartphones deverão ter telas de 5,7 a 6,24 polegadas com formato 18:9, leitor de impressões digitais na traseira, armazenamento entre 32 GB ou 64 GB e memória RAM de 2 GB e 4 GB.

Os modelos também deverão trazer o processador Snapdragon 632, com exceção do mais avançado Moto G7 Plus. A versão mais sofisticada deverá vir com chip Snapdragon 636, capaz de render melhor desempenho.

O Moto G7 Play deverá continuar sendo a mais simples da linha, com display HD+ e quantidade mais restrita de memória RAM: 2 GB. Já o suposto novato Moto G7 Power deverá trazer especificações intermediárias com bateria de 5.000 mAh, a mesma capacidade do Moto E5 Plus.

Apesar do vazamento das especificações, as informações não foram confirmadas pela Motorola. Os smartphones devem ser anunciados em fevereiro.

Supostas especificações da linha Moto G7

Especificações Moto G7 Moto G7 Plus Moto G7 Play Moto G7 Power
Tela 6,24 polegadas 6,24 polegadas 5,7 polegadas 6,2 polegadas
Resolução de tela Full HD+ (2270 x 1080 pixels) Full HD+ (2270 x 1080 pixels) HD+ (1512 x 720 pixels) HD+ (1520 x 720 pixels)
Processador Snapdragon 632 Snapdragon 636 Snapdragon 632 Snapdragon 632
Memória RAM 4 GB 4 GB 2 GB 3 GB
Armazenamento 64 GB 64 GB 32 GB 32 GB
Câmera traseira dupla, de 12 e 5megapixels dupla, de 16 e 5 megapixels 13 megapixels 12 megapixels
Câmera frontal 8 megapixels 12 megapixels 8 megapixels 8 megapixels
Sistema operacional Android 9 (Pie) Android 9 (Pie) Android 9 (Pie) Android 9 (Pie)
Bateria 3.000 mAh 3.000 mAh 3.000 mAh 5.000 mAh
Dimensões e peso 157 x 75,3 x 7,92 mm; 174 gramas 157 x 75 x 8,27 mm; 172 gramas 147,3 x 71,5 x 7,99 mm; 149 gramas 159,4 x 76 x 9,33 mm; 193 gramas

Brasil tem redução de mais de 2 milhões de linhas fixas

Publicado em Tecnologia
Quarta, 30 Janeiro 2019 18:33

Claro registrou a maior participação de mercado, 10.430.280 de linhas fixas no país (62,92%), seguida pela Vivo, com 4.335.854 (26,15%) e TIM, com 882.095 (5,32%)

O Brasil registrou 38.306.837 linhas de telefonia fixa em operação no mês dezembro de 2018, de acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Em relação ao mês anterior, dezembro apresentou diminuição de 250.190 unidades (-0,65%) e nos últimos 12 meses a redução foi de 2.071.090 linhas (-5,13%).

Em dezembro de 2018, 16.576.291 linhas fixas foram registradas pelas autorizadas no país e 21.730.546 pelas concessionárias. Em 12 meses, as autorizadas tiveram redução de 310.158 linhas (-1,84%) e as concessionárias, queda de 1.760.932 linhas (-7,50%). Comparado a novembro de 2018, houve diminuição de 30.000 linhas (-0,18%) entre as autorizadas e nas concessionárias a redução foi de 220.190 linhas (-1,00%).

Grupos

Em dezembro de 2018, entre as autorizadas, a Claro registrou a maior participação de mercado, 10.430.280 de linhas fixas no país (62,92%), seguida pela Vivo, com 4.335.854 (26,15%), e TIM, com 882.095 (5,32%). Em relação às concessionárias, a Oi possui o maior volume de linhas fixas, 12.234.092 de linhas (56,29%), seguida pela Vivo, 8.602.961 linhas (39,58%) e pela Algar Telecom, 736.325 de linhas (3,38%).

Estados

Entre as autorizadas, no mês de dezembro, o estado de São Paulo apresentou a maior quantidade de linhas fixas com 5.594.162 de linhas fixas (33,74%), seguido pelo Rio de Janeiro, 1.987.601 (11,99%), e Paraná, com 1.546.240 (9,32%). Entre as concessionárias, São Paulo registrou 8.777.932 de linhas fixas (40,39%), seguido pelo Rio de Janeiro 2.434.552 de linhas (11,20%), e Minas Gerais, 2.304.859 de linhas (10,60%).

Acesse dados detalhados referentes ao serviço de telefonia fixa.

logo Bright_580

art bright100001

Compartilhe nas Redes Sociais!

Temos 195 visitantes e Nenhum membro online

Telefones Úteis

Energisa - (83) 2106-7000
Ultragás - (83) 3292-2217
Audicon - (83) 3246-0599
Cagepa - 115
GVT - 10325
NET - 10621
SKY - 10611
Tely - (83) 3049-4229
Polícia - 190
Bombeiros - 193
SAMU - 192
(83) 3216-2500
Dele.da Mulher
(83) 3218-5316

Entre em Contato

 

Av. Senador Ruy Carneiro, 636 sl 201

Manaíra, João Pessoa, Paraíba, Brasil

Tel: (83) 3021-8885 - Cel: (83) 98725-1693

Email: redacao@24horaspb.com

Website: http://www.24horaspb.com

JoomShaper