Estação Cabo Branco oferece observação dos astros

Publicado em Cotidiano
Quarta, 06 Maio 2015 11:29

 

Uma opção de lazer para o dia das mães, neste domingo (10), é a observação dos planetas Júpiter, Saturno e Vênus, na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano. A observação acontece na Rampa de acesso ao Anfiteatro, próximo ao estacionamento, às 18h com o professor e astrônomo, Marcos Jerônimo. É importante lembrar que a contemplação dos planetas só é possível mediante condições climáticas. Entrada gratuita.

“Com o pôr do sol teremos o planeta Vênus com bastante visibilidade, e acima de nós teremos também o planeta Júpiter e por fim estará nascendo o a leste o planeta saturno. A observação que iremos fazer não segue ordem, ela será feita aleatoriamente, porque depende do horário do “nascimento” dos planetas, ou seja, veremos os astros quando ele atingir melhor visibilidade”, explicou o astrônomo, Marcos Jerônimo.

A exibição dos astros é feita no laboratório de astronomia e é meramente contemplativa, isto é, são apresentadas ao público com histórias e curiosidades sobre o universo e sua evolução. A Estação Cabo Branco é único lugar, em João Pessoa, onde o público visitante pode contemplar este tipo de observação, embora existam na cidade outras instituições que estudem e façam pesquisas sobre os astros do nosso sistema solar.

“A observação é algo que não existe no cotidiano, portanto, é gratificante saber que as pessoas vem a casa efetuar essa prática especifica de algumas instituições”, comentou Marcos Jerônimo, que é um dos mais conhecidos observadores das galáxias em João Pessoa.

Planetário – Na sala de convenções do prédio administrativo o público poderá ainda ter mais conhecimentos científicos e astronômicos. No local é exibido o filme “Os Filhos do Sol”, em que falar das constelações e do nosso sistema solar. A entrada é gratuita.

SERVIÇO:
Observação dos planetas: Júpiter, Saturno e Vênus
Domingo (10)
Horário: 18h
Professor: Marcos Jerônimo
Local: Rampa de acesso ao Anfiteatro, próximo ao estacionamento
A entrada gratuita

Dinaldinho cobra instalação da CPI do Empreender na ALPB

Publicado em Cotidiano
Quarta, 06 Maio 2015 11:35

 

O deputado estadual, Dinaldinho Wanderley (PSDB), voltou a cobrar nesta terça-feira (5) a instalação da CPI do Empreender na Assembleia Legislativa (ALPB). Com o pedido protocolado desde o dia 15 de abril, a Mesa Diretora da Casa ainda não se pronunciou sobre o tema alegando, por meio da Secretaria Legislativa, que ainda está analisando dois outros pedidos para instalação de Comissões.

47d04964-f266-4029-99a7-19dc6a649d23Dinaldinho rebateu as informações da Secretaria afirmando que conferiu, junto ao secretário legislativo, Washington Aquino, os dois livros de requerimento existentes na Casa e que constava apenas a CPI da Telefonia, já instalada.

“Ainda estamos aguardando o posicionamento oficial do presidente Adriano Galdino, mas eu tive o cuidado de, junto com o secretário legislativo folhear os dois livros de requerimentos da Casa, folha por folha, onde tinha a instalação de apenas uma CPI, a da Telefonia. Sendo assim, a CPI do Empreender é a segunda”, revelou o deputado.

De acordo com ele, o que existe é uma possível CPI dos Pardais, em João Pessoa, apalavrada pelo presidente Adriano Galdino que seria instalada depois que se fizesse uma averiguação se a competência seria da Casa ou da Câmara da Capital para fiscalizar os pardais e multas. “Não se pode atropelar o direito e o Regimento Interno da Casa. Somos a favor da legislação e de sua forma vigorosa da lei e não vamos aceitar ter esse pedido de CPI atropelado por interesses de quem quer que seja”, disse Dinaldinho.

O deputado revelou ainda que poderá procurar a Justiça caso a CPI não seja instalada na Assembleia Legislativa, mas diz acreditar que não será necessário porque confia no bom senso do presidente da Casa. “Acredito realmente que Adriano Galdino vai instalar a CPI do Empreender porque está dentro do Regimento Interno e foi apresentada nesta Casa de forma legal”, disse.

II Festissauro terá exposição fotográfica de João Carlos Beltrão

Publicado em Cotidiano
Quinta, 07 Maio 2015 00:25

 

“Alguns frames. Eis os pedaços de uma vida!” - É o que propõe o renomado fotógrafo João Carlos Beltrão com a exposição “Retiniando-me”, que estará em exibição na segunda edição do Festissauro - Festival de Audiovisual do Vale dos Dinossauros. O evento acontece de 26 a 30 de maio de 2015 no auditório da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), centro, Sousa.

Retiniando-me é a primeira exposição fotográfica de Beltrão, que trabalha com algumas imagens estáticas, um outro plano reflexivo e semântico. Sua trajetória a 24 quadros/frames por segundo é apreciada no fluxotemporal dos filmes por uma característica do olho, que estabelece o movimento: a persistência retiniana.

Paraibano, brejeiro de Alagoa Grande, João Carlos Beltrão é formado em Jornalismo pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Desde 1997, atua profissionalmente como técnico em audiovisual do IFPB. Especializando na captação de imagens, atua como Diretor de Fotografia sendo premiado em diversos trabalhos: “Alma” (Cine PE), “Amanda e Monick” (Curta Santos), “Enraizados” (Fest Aruanda), “Travessia” (Curta Taquary), “Antoninha” e “Sobrecabelos” (Curta Coremas) e “O Terceiro Velho” (Comunicurtas). Beltrão também é sócio da produtora Pigmento Cinematográfico.

João Carlos já trabalhou com grandes Diretores de Fotografia, a exemplo de Walter Carvalho, Valdir de Pina, Jacques Cheuíche, Mauro Pinheiro Jr., Stephan Hess, Roberto Henkin, Jane Malaquias, Roberto Iuri, Paulo Jacinto, Lula Carvalho, Manuel Clemente, entre outros.

Como Diretor de Fotografia, ele também dirigiu a fotografia dos filmes: “Tudo que Deus Criou” de André da Costa Pinto, “Alma” de André Morais, “O Cão Sedento” de Bruno de Sales, “O Plano do Cachorro” de Arthur Lins e Ely Marques, “Cabaceiras” de Ana Bárbara Ramos; “O Terceiro Velho” de Marcus Vilar, “Aqui” de Torquato Joel, “Sanhauá” de Elinaldo Rodrigues, “ Ato Institucional” de Helton Paulino e de parte considerável da recente filmografia paraibana.

O Festival – O Festival de Audiovisual do Vale dos Dinossauros (Festissauro) é um evento que congrega realizadores, produtores, estudiosos e espectadores do segmento audiovisual do sertão paraibano, de outras regiões da Paraíba e do Brasil. O evento nasceu em plena efervescência da produção e difusão do audiovisual no sertão do Estado. Essa efervescência se deve, principalmente, pelas atividades realizadas por Pontos de Cultura, Cineclubes, pelo Centro Cultural Banco do Nordeste, entre outros, que vem propiciando a realização de cursos, exibições itinerantes, produção de filmes e, consequentemente, o surgimento de diversos realizadores e difusores do audiovisual nesta região. O Festissauro tem a missão reunir, exibir, difundir, capacitar, premiar e, principalmente, debater com esses realizadores e representantes governamentais as políticas públicas para o setor. Paralelo a isso, o evento também serve como meio de divulgação do Complexo Turístico Vale dos Dinossauros.

Serviço
Exposição Fotográfica Retiniando-me de João Carlos Beltrão
Data: 26 a 30 de maio
Local: Universidade Federal de Campina Grande - Centro, Sousa.
Entrada: Gratuita

Feira de Flores e oficinas gratuitas a partir desta quinta-feira

Publicado em Cotidiano
Quinta, 07 Maio 2015 00:40

 

A sétima edição da Feira de Flores da Paraíba começa nesta quinta-feira (7) e vai até o sábado (9), no pátio interno da Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa). O evento é promovido pelo Governo do Estado, em parceria com o Sebrae, e vai comercializar arranjos e pacotes florais, vasos com mudas, flores do campo, temperadas, e rosas, além de disponibilizar oito oficinas.
O objetivo é incentivar a comercialização das flores produzidas na Paraíba, permitindo o encontro entre produtores e consumidores. Os produtos serão comercializados a preços populares, oriundos dos municípios paraibanos de Pilões, Sapé, Areia, Boqueirão, Belém de Caiçara e da Capital, apresentando à população bastão do imperador, maracás, panamás, bihai, folhagens (avenca e avencão), orquídeas, cactos, gérberas, rostratas, entre outras.

empasa-feira-das-flores-2 empasa-feira-das-flores-3

A abertura oficial ocorre às 8h, no Café com Flores. Em seguida, o coral dos funcionários da Empasa apresenta músicas tendo como temática as mães. Logo depois, o grupo de danças folclóricas do Sesc fará uma apresentação com um quadro junino numa alusão às quadrilhas juninas. Neste mesmo dia, no horário da tarde, começam as oficinas gratuitas, com temas relacionados ao meio florístico: “Demonstração de arranjos de flores utilizando material reciclado” e “Compostagem caseira”.

Nos dias seguintes, as oficinas “Como montar um terrário”, “Preparação e cultivo de orquídeas”; e “Preparação e cultivo de bonsai” acontecem nos dois horários.

Para o presidente da Empasa, José Tavares Sobrinho, o evento confirma o compromisso do Governo em incentivar a produção e comercialização de flores e plantas ornamentais no estado. “O envolvimento dos consumidores, artistas florais, floristas, decoradores, proprietários de casas de recepções e pessoas com habilidades para arranjos florais com os produtores, sem intermediários, é salutar. Um dos destaques da Feira será o composto orgânico que é produzido e comercializado pela Empasa ao preço de R$ 1,00 em sacos de três e cinco quilos. Sacas de 50 kg o valor cai para R$ 0,50 o quilo”, destacou Tavares.

A Empasa fica na Avenida Raniere Mazilli, Bairro Cristo Redentor e a Feira das Flores ficará aberta da quinta-feira ao sábado, das 7h às 17h30.

Investimentos da Prefeitura impulsionam turismo

Publicado em Cotidiano
Domingo, 10 Maio 2015 01:12

 

A gestão do Turismo de João Pessoa vem conquistando resultados que incluem a Capital paraibana de vez nos destinos mais procurados por visitantes, não apenas do Brasil, mas de outros países também. Neste fim de semana especial, por causa do Dia das Mães, mesmo não tendo um feriado prolongado, a cidade desponta em pesquisa realizada pela agência ViajaNet, como um dos 10 destinos mais procurados. Os dados são confirmados pela Associação Brasileira dos Hotéis (ABIH-PB), que revela uma taxa de ocupação entre 78% e 95%, considerada excelente, especialmente em períodos de retração econômica.

João Pessoa sempre teve praias lindas e cenários históricos e culturais. Esses encantos somados ao olhar do prefeito Luciano Cartaxo para o setor turístico aumentaram a visibilidade à cidade. Investimentos no setor estão sendo feitos desde o primeiro dia de gestão do prefeito, quando transformou o Carnaval da cidade numa opção para todos que gostam de brincar a folia nas ruas, atrás dos trios elétricos e, o melhor, sem pagar nada por isso. Ano a ano, o número de pessoas de outras localidades que vêm para o Carnaval de João Pessoa tem aumentado significativamente. Isso representa aumento no consumo de produtos e serviços em toda cadeia turística, profissionalizando o setor que tem faturado alto.

Turismo-em JoaoPessoa_PB_0101 Turismo-em JoaoPessoa_PB_01010

Lucano Cartaxo entende que não basta divulgar as belezas naturais da cidade. Por isso, a Prefeitura tem destinado recursos para construção, reforma e construção de praças em toda a Capital, com especial atenção aquelas localizadas no Centro da cidade, como a Praça João Pessoa, recém-entregue à população, e a Praça da Independência, que está sendo revitalizada. “Em cidades quentes como João Pessoa, as praças são locais de convivência, onde as famílias se reúnem com vizinhos e amigos, e esse cenário acolhedor também contribui para que o turista se sinta à vontade aqui”, justifica o prefeito.

Centro Histórico - Ao contrário do que acontece em outras capitais brasileiras, João Pessoa está recebendo investimentos que está mudando o Centro da cidade. A revitalização do Centro Histórico – com reforma da Praça da Pedra, Centro Cultural e Parque Casa da Pólvora – enche os olhos de todos que visitam a cidade. “Está lindo”, diz a dona de casa Lenilda Vieira dos Santos, carioca que já está em sua quarta viagem à cidade. “Dá vontade de vir morar aqui nessa cidade histórica, tranquila e linda”, completou.

Camilo Luiz dos Santos é paraibano e mora no Rio de Janeiro há 40 anos. Ele conta que nos últimos anos, sempre que vem a João Pessoa e percebe mudanças para melhor no cuidado com a cidade. Ele disse que chega a se emocionar quando vai ao Centro Histórico. “A Praça João Pessoa está do mesmo jeito de quando eu era criança e vinha brincar aqui com meus pais. Lá no Rio, eu moro no cruzamento de três praças, mas nada se compara a esta”, afirmou.

O prefeito explica que “Este é um projeto que pensa a cidade como um todo para os próximos 20 anos. Estamos com dezenas de obras que beneficiarão os paraibanos atuais e das próximas gerações”, disse, lembrando ainda da maior intervenção já realizada no Parque Solon de Lucena, um dos cartões-postais do município. “Além das praias, todos aqueles que desejam conhecer João Pessoa já viram a Lagoa em alguma fotografia, mas se decepcionavam quando chegavam aqui. A partir da intervenção que estamos fazendo, a maior dos últimos 100 anos, a Lagoa recuperará seu lugar de destaque como atrativo turístico da cidade”, prevê Cartaxo.

O secretário de Turismo de João Pessoa, Bruno Farias, ressalta que a gestão do setor turístico da cidade vai muito além das obras físicas. “Todo o trabalho é articulado com várias secretarias, no sentido de garantir que as pessoas visitem o Centro da cidade e apreciem o que estamos fazendo”, disse, usando como exemplo os eventos culturais, alguns com padrão internacional, que são um atrativo a mais para os turistas.

Divulgação internacional - Além dos investimentos financeiros, o setor turístico tem recebido atenção especial por parte de toda a gestão de Luciano Cartaxo. Em setembro do ano passado, Bruno Farias participou de um evento especial, que reuniu cerca de 40 mil agentes de viagens de vários países do mundo, durante a 42ª edição da Abav - Expo Internacional de Turismo. Durante quatro dias, uma equipe comandada pelo secretário de Turismo transformou a Capital paraibana no assunto mais comentado da feira. “Foi uma oportunidade ímpar de apresentar João Pessoa como roteiro turístico com padrão internacional e estabelecer uma relação direta com os profissionais da área”, lembra Bruno Farias, completando que parte da visibilidade que a cidade está tendo é fruto desse trabalho.

Destaque nacional - Outra maneira de aferir os bons resultados que a gestão no Turismo tem proporcionado à cidade é o destaque que a cidade tem ganhado nos noticiários nacionais, como uma opção diferenciada de lazer. Em janeiro deste ano, em pleno verão, quando a cidade foi praticamente “invadida” por turistas, o telejornal Bom Dia Brasil divulgou uma matéria chamando a atenção para as belezas da praia do Bessa, que recebeu o apelido de “Caribessa” por causa dos corais.

Na última sexta-feira, 8, no quadro Tô de Folga, exibido no Jornal Hoje, João Pessoa foi destaque novamente, desta vez pelo seu nascer e pôr do sol, que acontecem antes do resto do Brasil, pelo fato da cidade está localizado no ponto mais oriental das Américas. A catarinense Kíria Meurer, repórter escalada para fazer a matéria, confessou que os atrativos locais são muito mais bonitos e impressionantes do que ela imaginava.

 

Link para a matéria do Jornal Hoje:
http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2015/05/nascer-e-por-do-sol-sao-atracoes-em-praias-de-joao-pessoa.html

Link para a matéria do Bom Brasil:
http://globotv.globo.com/rede-globo/bom-dia-brasil/v/praia-de-joao-pessoa-ganha-o-apelido-de-caribessa-por-causa-da-agua-transparente/3874137/

Sinfônica Municipal emociona mães homenageadas

Publicado em Cotidiano
Domingo, 10 Maio 2015 15:22

 

Um espetáculo de encher os ouvidos e o coração. Foi assim a apresentação da Orquestra Sinfônica Municipal (OSMJP) na noite deste sábado (9) no auditório Celso Furtado no Centro Cultural Ariano Suassuna, em homenagem ao Dia das Mães.

preimeira dama_Joao_Pessoa_1001

O concerto que reuniu uma plateia atenta teve início às 19h e contou com a regência do maestro e diretor da Orquestra Laércio Diniz. Entre os que foram prestigiar a apresentação estavam o prefeito Luciano Cartaxo e a primeira dama do município Maísa que foi homenageada com um buquê de flores, representando todas as mães presentes.

A noite foi um mergulho nas obras clássicas, dosada com explanações leves e que auxiliam na assimilação do conteúdo. A emoção foi um dos pontos altos do concerto. “Em corações sensíveis, a música penetra muito mais profundo”, disse Laércio Diniz. O OSMJP executou um programa de peças que foram de J.S.Bach, Rossini, Wagner a Guerra Peixe e Luiz Gonzaga.

Jornal A União com caderno mensal especial em Braille

Publicado em Cotidiano
Quarta, 13 Maio 2015 13:23

 

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) aprovou, na sessão ordinária desta terça-feira (12), Voto de Aplausos ao Jornal A União pela circulação mensal de seu caderno especial em Braille, “projeto pioneiro que está sendo desenvolvido em parceria com a FUNAD e beneficiará as pessoas com deficiência do Estado”.

“Trata-se de uma iniciativa importante do Jornal A União, que tem como objetivo promover a acessibilidade dos deficientes visuais, além de ser uma atitude pioneira entre os periódicos existentes no nosso Estado”, destacou Zezinho.

De acordo com o vereador, os dados do IBGE que, na Paraíba, em um universo de 823.039 pessoas com algum tipo de deficiência visual, 8.477 são cegas e necessitam das tecnologias assistivas, a exemplo do sistema Braille.

Estado ensina a prática de ensilagem aos criadores do Curimataú

Publicado em Cotidiano
Quarta, 13 Maio 2015 13:34

 

A convivência com a estiagem no semiárido tem levado os agricultores familiares recorrerem a diferentes maneiras de armazenamento de ração. A Gestão Unificada Emater/Emepa/Interpa, por orientação do Governo do Estado, está levando a prática de ensilagem para todas regiões. Nesta semana, sob orientação da Emater PB, foi realizada uma demonstração de construção de silo aéreo com capim elefante com a participação de 21 produtores rurais do município de Tenório, no Curimataú.

Segundo o coordenador regional da Emater em Picuí, Fernando Guedes, para a realização do dia especial sobre a produção de silagem, tipo silo aéreo com capim elefante, cameron e melaço, ocorreu na comunidade Sitio Chã, de propriedade Lindoberto Cordeiro, numa parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura e outros parceiros. Tendo iniciado às 9 h, o evento se prolongou até às 16h15.

As tecnologias apresentadas servirão como alternativa de suporte à base alimentar e nutricional dos rebanhos bovinos, caprinos e ovinos, garantindo a produção e diminuindo os custos de produção do leite e da carne. Além disso, pretendem promover o desenvolvimento socioeconômico do Semiárido paraibano.

A produção de silagens de alta qualidade depende de um armazenamento das forragens e outros produtos ou subprodutos agrícolas destinados à alimentação animal. Importante nessa fase do processo, denominada de ensilagem, ou enchimento dos silos, o tamanho das partículas, a umidade ou matéria seca do material com a vedação para melhor armazenamento.

Auditores fiscais são presos em esquema de sonegação

Publicado em Cotidiano
Quarta, 13 Maio 2015 19:48

O secretário de Estado da Receita, Marialvo Laureano, afirmou nesta quarta-feira (13) que todo o dinheiro que deixou de ser recolhido aos cofres públicos por causa de crime de corrupção praticado por dois auditores da Receita será devolvido à sociedade paraibana. Durante entrevista coletiva, na sede do Ministério Público da Paraíba, o secretário detalhou sobre a Operação Mercado Negro, desencadeada na madrugada desta quarta-feira e ressaltou que os dois auditores presos representam uma exceção e que a maioria absoluta dos funcionários da Receita Estadual é honesta e responsável.

13.05.15-pm mercado_negro-5Há cerca de seis meses, a Secretaria de Estado da Receita, em parceira com o Ministério Público da Paraíba, deu início a uma investigação para apurar uma denúncia feita por um empresário relativa à extorsão praticada por dois auditores do órgão. Na manhã desta quarta-feira (13), o Ministério Público, por meio do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), com o apoio da Polícia Militar, cumpriu dois mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão, ambos expedidos pela 6ª Vara Criminal.

 

Marialvo Laureano destacou que, para o combate ao crime de sonegação fiscal, é importante a participação da sociedade. “O Governo do Estado tem reestruturado todos os mecanismos contra esse tipo de crime. Temos a Corregedoria, que acompanha qualquer desvio de conduta por parte de algum funcionário da Receita e, também, o telefone 3218-5030. É um mecanismo em que o empresário que for vítima desse tipo de crime pode denunciar, assim como no próprio sítio da Receita, por meio do link Denuncie Aqui”, afirmou. As investigações constataram que servidores da Receita Estadual estavam extorquindo empresários ao exigirem pagamento de “propina” em detrimento da realização de fiscalizações e lavraturas de autos de infração.

O secretário da Receita esclareceu que os auditores envolvidos não representam a categoria dos funcionários do órgão. “Temos funcionários probos, comprometidos com o desenvolvimento da sociedade. Esses dois envolvidos representam uma exceção”, disse. “Quero ressaltar que a sociedade não terá nenhum prejuízo, pois todas as empresas fiscalizadas por esses funcionários passarão por um novo processo e todo o dinheiro que tenha sido sonegado será restituído”, finalizou.

O procurador-geral de Justiça, Bertrand Asfora, elogiou a maneira pela qual o Governo do Estado tem investido no combate a crimes contra a ordem tributária. “A parceria da Receita Estadual com o Ministério Público tem sido de grande valia para resguardar os direitos do contribuinte, da população paraibana. Até 2013, qualquer crime desse tipo, mesmo o sonegador, praticamente não era punido. Hoje, temos capacidade de avançar para inibir esse tipo de conduta”, disse. “Temos uma promotoria específica para evitar sonegação de ICMS [Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços] e estamos criando a segunda promotoria, para evitar esse tipo de crime contra o ISS [Imposto sobre Serviços], que vai abranger os municípios”, observou.

Operação Mercado Negro – A Operação Mercado Negro foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (13), com o objetivo de desarticular um esquema criminoso de corrupção, envolvendo servidores públicos estaduais da Secretaria de Estado da Receita, que vem, ao longo dos anos, causando, com a ação criminosa, lesão aos cofres públicos e sérios danos à imagem da Secretaria da Receita.
As investigações tiveram início há seis meses, quando a Secretaria da Receita recebeu uma denúncia anônima de um empresário de que estava sendo extorquido. “Nós, imediatamente, acionamos a Promotoria de Combate a Crimes contra a Ordem Tributária. As investigações foram iniciadas e foram colhidas provas da veracidade da denúncia”, afirmou Marialvo Laureano. A 6ª Vara Criminal expediu dois mandados e prisão preventiva e de busca e apreensão contra dois auditores da Receita Estadual.

Participam da Operação Mercado Negro quatro promotores de Justiça, duas equipes do Gaeco, dois auditores fiscais da Corregedoria da Receita Estadual e duas equipes do BOPE (Batalhão de Operações Especiais) e um Delegado da Polícia Civil.

A promotora de Justiça de Crimes contra a Ordem Tributária, Renata Carvalho, disse que os funcionários irão responder pelo crime de concussão, podendo ser condenados a oito anos de reclusão. “Estamos avaliando ainda a dimensão da atuação desses funcionários, como o prejuízo causado ao erário público, assim como também a participação de outros funcionários”, disse

 

Gestor é multado por irregularidade em pregão de trans escolar

Publicado em Cotidiano
Sexta, 15 Maio 2015 19:45

 

A Primeira Câmara, sob a presidência do conselheiro Fábio Nogueira, julgou pela regularidade os processos licitatórios realizados pela Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (2013) (seis), Companhia Paraibana de Gás (2013), Departamento de Estradas e Rodagem, Fundo Municipal de Assistência de Santa Rita (2012) e Prefeitura de Cabedelo (2014).

A 1ª Câmara do TCE realizou sua 2613ª sessão e agendou 145 processos. Funciona no miniplenário Conselheiro Adailton Coelho Costa. Presidida pelo conselheiro Fábio Túlio Nogueira, teve na composição os conselheiros Fernando Rodrigues Catão, Antônio Cláudio Silva Santos (substituto), Antônio Gomes Vieira Filho (substituto), Renato Sérgio Santiago Melo (substituto) e Marcos Antônio Costa (substituto). Pelo Ministério Público de Contas atuou a procuradora Sheyla Barreto Braga de Queiroz.

logo Bright_580

art bright100001

Compartilhe nas Redes Sociais!

Temos 88 visitantes e Nenhum membro online

Telefones Úteis

Energisa - (83) 2106-7000
Ultragás - (83) 3292-2217
Audicon - (83) 3246-0599
Cagepa - 115
GVT - 10325
NET - 10621
SKY - 10611
Tely - (83) 3049-4229
Polícia - 190
Bombeiros - 193
SAMU - 192
(83) 3216-2500
Dele.da Mulher
(83) 3218-5316

Entre em Contato

 

Av. Senador Ruy Carneiro, 636 sl 201

Manaíra, João Pessoa, Paraíba, Brasil

Tel: (83) 3021-8885 - Cel: (83) 98725-1693

Email: redacao@24horaspb.com

Website: http://www.24horaspb.com

JoomShaper