Em Pernambuco paciente recebe canabidiol do estado

Escrito por  Diario de Pernambuco
Publicado em Brasil
Sábado, 21 Março 2015 14:47
Silvia, mãe de Maycon comemorou a entrega Silvia, mãe de Maycon comemorou a entrega por Alice Souza/Diario de Pernambuco

 

Medicamento derivado da maconha foi entregue três meses após família de menino conseguir ordem judicial para que o estado custeasse o tratamento.

 

Três meses depois de entrar na Justiça para obter gratuitamente ampolas de canabidiol (CBD), medicamento derivado da maconha, a família de Maycon Cavalcanti Alcântara, 4 anos, recebeu a medicação. Portador de epilepsia refratária, o menino foi o primeiro paciente pernambucano a conseguir judicialmente que o estado custeasse o tratamento. Maycon recebeu CBD suficiente para usar por seis meses e será acompanhado por médicos para avaliar o resultado.

A medicação chegou ao Brasil no início do mês, mas precisou passar por liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) antes de ser entregue em mãos ao pai do garoto. Ainda em novembro do ano passado, o pai da criança, Jackson Alcântara, 40, conseguiu o direito de importar a medicação e, por não poder pagar pelo CBD, solicitou à Secretaria Estadual de Saúde. Diante da negativa, foi iniciado o processo judicial.

O estado deveria ter fornecido o canabidiol dentro de um mês, sob pena de multa diária de R$ 1 mil, mas alegou trâmites burocráticos para atrasar a entrega. O caso foi para segundo grau e o novo prazo dado acabaria no próximo dia 27. Enquanto isso, Maycon sofria de oito a 10 convulsões diariamente.

Em 2014, Jackson e a mãe do menino, Silvia Cavalcanti, 37, conseguiram clandestinamente uma ampola do CBD para Maycon. Os resultados os animaram a iniciar a luta judicial. “O coração bateu forte com a notícia, foi o presente de aniversário dele, que comemora cinco anos na próxima quarta-feira”, afirmou Silvia.

Maycon passará por avaliação para retirada dos outros medicamentos. “Há um protocolo para administração do CBD. Dependendo da resposta dele, vamos analisar se podemos tirar outros remédios”, explicou o médico acupunturista Pedro Costa.

Lido 1675 vezes

logo Bright_580

art bright100001

Compartilhe nas Redes Sociais!

Temos 176 visitantes e Nenhum membro online

Telefones Úteis

Energisa - (83) 2106-7000
Ultragás - (83) 3292-2217
Audicon - (83) 3246-0599
Cagepa - 115
GVT - 10325
NET - 10621
SKY - 10611
Tely - (83) 3049-4229
Polícia - 190
Bombeiros - 193
SAMU - 192
(83) 3216-2500
Dele.da Mulher
(83) 3218-5316

Entre em Contato

 

Av. Senador Ruy Carneiro, 636 sl 201

Manaíra, João Pessoa, Paraíba, Brasil

Tel: (83) 3021-8885 - Cel: (83) 98725-1693

Email: redacao@24horaspb.com

Website: http://www.24horaspb.com

JoomShaper