Torcida do Fla aumenta vantagem sobre a do Corinthians

Publicado em Esportes
Terça, 17 Setembro 2019 16:26

Segundo o Datafolha, 20% dos brasileiros são flamenguistas; 14% corintianos

O Flamengo não é líder só do Campeonato Brasileiro. O time carioca é o clube do coração de 20% dos torcedores brasileiros, ou seja uma a cada cinco pessoas gostam do Rubro-negro. O Corinthians aparece na segunda colocação com 14% da preferência. Os números são de uma pesquisa anual divulgada pelo Datafolha divulgada nesta terça-feira (17).

Outro dado que chama atenção é a porcentagem de pessoas que não torcem para ninguém. 22% dos entrevistados afirmaram que não têm clube do coração.
Em comparação com o levantamento de 2018, os flamenguistas subiram dois pontos percentuais, número dentro da margem de erro. Os corintianos permaneceram com a mesma porcentagem.

O restante da lista é: São Paulo (8%), Palmeiras (6%), Vasco (4%), Cruzeiro (4%), Grêmio (4%), Internacional (3%), Santos (3%), Atlético-MG (2%), seleção brasileira (2%), Botafogo (1%), Bahia (1%), Fluminense (1%), Sport (1%), Santa Cruz (1%), Fortaleza (1%), Vitória (1%) e Ceará (1%) completam a lista dos times que atingiram ao menos 1%.

A pesquisa foi feita entre os dias 29 e 30 de agosto e ouviu 2.878 pessoas, com mais de 16 anos, em 175 municípios do Brasil. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.Resultado de imagem para Datafolha: 20% dos brasileiros torcem para o Flamengo; Corinthians tem 14%

Desde 2012, o time carioca não ficava na frente do paulista fora da margem de erro da pesquisa. Naquele ano, teve um empate em 16% da preferência, mas a pesquisa foi feita três dias antes de o Corinthians conquistar o Mundial Interclubes.

Nos outros anos, os flamenguistas foram maior número, mas a vantagem ficou dentro da margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos, o que representava empate técnico.

Rubro-negro lidera em três regiões

Quando o Brasil é divido por regiões, o Flamengo é líder em três delas: Norte, Nordeste e Centro-Oeste. O Corinthians fica na frente no Sudeste com 1% na frente dos cariocas, índice dentro da margem de erro. No Sul, o Grêmio é líder com 23%, seis pontos à frente do Internacional.

Nessas análises as margens de erros são de 3% no sudeste, 5% no Sul, 4% no Nordeste, e 6% no Norte e Centro-Oeste.

Cor de pele

A pesquisa também apresentou a divisão pela cor da pele dos entrevistados. Somente entre os que se declaram brancos o Flamengo (13%) não ficou na frente do Corinthians (16%). Como a margem de erro aqui é de 3%, houve um empate técnico.

Entre os negros, o time carioca é líder (24%) e o Corinthians é o segundo (11%), a margem é de 5%. Os entrevistados que se declaram pardos 23% são flamenguistas e 14% corintianos, margem de erro de 3%.

Renda Familiar

O laventamento separou as análises também pela renda familiar dos entrevistados. O Flamengo só não aparece na frente entre as famílias que ganham entre cinco e dez salários mínimos, mas fica empatado com o Corinthians, 17% a 16%, dentro da margem de erro que é de seis pontos.

Nas demais faixas de renda, o Rubro-Negro sempre está na liderança. A maior vantagem aparece entre as famílias com ganhos superiores a 10 salários mínimos. O Fla tem 24% e o Timão 10%.

 

 

Jogador do Íbis faz um golaço e é afastado por diretoria

Publicado em Esportes
Terça, 17 Setembro 2019 16:39

Torcedores, indignados, pediram o imediato afastamento do Di Maria do time

Entender a história e a tradição do clube é o primeiro passo para todo jogador conquistar a torcida e ter uma boa passagem pela equipe. Porém, parece que um Luciano Maria, o 'Di Maria do Íbis' da equipe Máster do time pernambucano não fez o dever de casa e resolveu fazer bonito na partida contra o Náutico.

No melhor estilo Marcelinho Carioca, Di Mariar cobrou uma falta perfeita no ângulo do goleiro adversário. Para piorar, o gol ajudou o Íbis a ganhar a partida por 2 a 0, mais um motivo para protestos dos torcedores.

No seu perfil oficial, o 'Pior Time do Mundo' reclamou da comemoração do jogador rubro-negro e informou que o atleta já foi afastado pela direção do clube.

Jornal revela quanto Neymar paga por mês aos "parças"

Publicado em Esportes
Quarta, 18 Setembro 2019 14:33

"Mundo Deportivo" revelou o valor gasto pelo craque com seus amigos brasileiros na França

O jornal "Mundo Deportivo" revelou, nesta quarta-feira (18/09), o valor pago mensalmente por Neymar aos seus "parças" (ver na foto). Segundo a publicação, o craque desembolsa aproximadamente 11 mil euros (cerca R$ 50 mil) a cada um de seus amigos, que mostram seu dia a dia nas redes sociais.

"Sim, é o que cada um dos membros do grupo cobra por fornecer seus serviços a Neymar. Além disso, não é preciso dizer que eles gostam das festas mais exclusivas: junto com os ‘Anjos’ da Victoria’s Secret ou com Lewis Hamilton”, dizia um trecho da publicação.

Os "parças" (Gil Cebola, Jo Amancio, Guilherme Pitta, Álvaro Costa e Gustavo Almeida) levam uma vida luxuosa ao lado de Neymar desde que ele se mudou para a Europa. Primeiramente, moraram na Espanha, e em 2017 se mudaram para Paris, onde inclusive acompanharam o craque em sua apresentação no PSG.

Empresa cobra dívida de R$ 5,2 mi do Timão na Justiça

Publicado em Esportes
Quarta, 18 Setembro 2019 14:39

Enquanto tenta solucionar execução da Caixa, Corinthians sofre processo da Tejofran

A execução da dívida da Arena Corinthians (na foto) pela Caixa Econômica Federal não é o único problema relacionado ao estádio com o qual o Timão tem de lidar.

Enquanto tenta solucionar a disputa jurídica com o banco estatal, que cobra também multa de parcelas atrasadas, o clube foi processado pela Tejofran, empresa que até agosto do ano passado foi responsável pela limpeza e segurança da casa alvinegra, em Itaquera.

No início do mês, a companhia ingressou com ação na Justiça de São Paulo cobrando R$ 5,2 milhões do Corinthians.

O valor é referente a parcelas que a Tejofran teria a receber de fevereiro a agosto de 2018, além de multas e outros encargos.

Por contrato, o Corinthians teria de pagar R$ 621.062,27 mensalmente à empresa. Destes, R$ 305.553,71 eram referentes aos serviços de projeto de limpeza, conservação com coleta seletiva de lixo e bombeiro Civil, e R$ 315.508,56 por segurança patrimonial e vigilância.

No processo, a Tejofran argumenta que tentou diversas vezes negociar o pagamento da dívida com o Corinthians e anexa alguns documentos, como trocas de e-mails. No entanto, a empresa alega "total inércia" do clube para resolver o problema amigavelmente.

Um acordo chegou a ser costurado entre as partes, mas o Timão não fez os pagamentos até 3 de setembro, quando a Tejofran decidiu ingressar com a ação judicial.

Por meio de assessoria de imprensa, o Corinthians informou que "não foi citado e no momento oportuno irá se manifestar."

Caixa

O Corinthians ainda acredita ser possível resolver amigavelmente a dívida com o banco estatal. Enquanto tenta uma renegociação, o clube já prepara sua defesa nos tribunais.

– Essa modalidade de processo judicial prevê o cabimento de defesa por meio de Embargos à Execução, no prazo de 15 dias úteis a contar da citação – explica Fabio Trubilhano, diretor jurídico do Timão.

Trubilhano diz não vislumbrar o risco de o Corinthians perder o controle da Arena. Ele também minimiza a possibilidade de parte do Parque São Jorge, dada como garantia, ser penhorada:

– Ainda é prematuro para falar sobre execução de garantias, mesmo porque a ação é apenas contra a Arena Itaquera SA e ainda cabem defesas que podem, eventualmente, suspender o curso da execução.

Clubes há mais tempo na fila de campeonatos nacionais

Publicado em Esportes
Quinta, 19 Setembro 2019 17:33

Ranking tem 17 equipes, considerando as principais ligas ao redor do planeta

Nas últimas temporadas, as principais ligas ao redor do mundo têm sido marcadas pela hegemonia de algumas equipes, em termos de conquistas. Com o acúmulo de títulos para poucos, o período de jejum dos outros times acaba aumentando ano após ano.

No Brasil, as quatro últimas edições do campeonato nacional foram dominadas por Corinthians e Palmeiras, que levantaram o caneco duas vezes cada um. Na Itália, a Juventus criou um monopólio, conquistando oito títulos em sequência. O mesmo acontece na Alemanha, com o Bayern de Munique. Já na França, quem reina é o PSG. Na Espanha, a disputa pelo troféu quase sempre acaba polarizada entre Barcelona e Real Madrid. Assim como em Portugal, com Porto e Benfica. Na Inglaterra, a disputa pela taça costuma ser mais equilibrada, com alguns clubes concorrendo em pé de igualdade.

Diante do atual cenário, muitos clubes estão acumulando um longo período de jejum de títulos nos campeonatos nacionais de seus respectivos países. Pensando nisso, elaboramos uma lista com as equipes tradicionais das principais ligas que estão há muito tempo sem levantar o troféu. Entraram no ranking os times que estão há pelo menos dez anos na fila . Confira:

Campeonato Brasileiro

Atlético-MG – 47 anos (último título em 1971)

Internacional – 39 anos (último título em 1979)

Botafogo – 23 anos (último título em 1995)

Grêmio – 22 anos (último título em 1996)

Vasco – 18 anos (último título em 2000)

Santos – 14 anos (último título em 2004)

São Paulo – 10 anos (último título em 2008)

Campeonato Inglês

Tottenham – 58 anos (último título na temporada 1960/61)

Liverpool – 29 anos (último título na temporada 1989/90)

Arsenal – 15 anos (último título na temporada 2003/04)

Campeonato Italiano

Napoli – 29 anos (último título na temporada 1989/90)

Roma – 18 anos (último título na temporada 2000/01)

Campeonato Espanhol

Athletic Bilbao – 35 anos (último título na temporada 1983/84)

Campeonato Francês

Saint-Étienne – 38 anos (último título na temporada 1980/81)

Campeonato Alemão

Schalke 04 – 61 anos (último título na temporada 1957/58)

Hamburgo – 36 anos (último título na temporada 1982/83)

Campeonato Português

Sporting – 17 anos (último título na temporada 2001/02)

Tiago Nunes se declara arrependido por uma declaração

Publicado em Esportes
Quinta, 19 Setembro 2019 17:59

Técnico lamenta ter admitido que poderia pegar o boné após a decisão da Copa do Brasil

Tiago Nunes (na foto) se arrependeu de ter dito que estava "muito cansado" e que poderia pedir o boné após a finalíssima da Copa do Brasil. Com a medalha de campeão no peito, o treinador deu entrevista após a conquista no Beira-Rio e definiu aquela declaração como uma "cagada".

- Eu vou pedir perdão pela palavra, mas essa frase que eu usei "cansado" foi uma cagada. Porque eu quis ser o cara super sincero em momentos que você deve dosar. Serve de experiência para mim, para não repetir esse tipo de coisa. Só falei o que estava sentindo naquele momento. Estava muito cansado mesmo e continuo porque é uma rotina intensa. Sei que faz parte da profissão, mas serviu de aprendizado.

"Se você perguntar se estou cansado, vou dizer que estou inteiraço", diz Tiago Nunes.

Após a derrota para o Avaí no último domingo (15/09) - e três dias antes da decisão contra o Internacional -, Tiago Nunes afirmou que estava "extenuado" e que poderia deixar o clube após o jogo de quarta.

- A vida de treinador é difícil. Você descansa de olhos abertos, então não consegue se recuperar fisicamente nunca. É o preço que se paga. Mas chego com muita fé, muito motivado. Depois do jogo contra o Internacional, vamos ver o que acontece, se vou conseguir descansar, se eu pego o boné ou se eu fico - falou em coletiva no último domingo.

No dia seguinte, o Athletico já divulgou um vídeo em que Tiago Nunes se explicou sobre a declaração, admitiu o cansado físico, mas garantiu estar "100% inteiro" para a finalíssima.

- A gente está 100% inteiro. Eu tenho o hábito de responder o que me perguntam. Fui perguntado se eu estava cansado, e sim, fisicamente não tem como não estar cansado. A rotina dos jogos deixa a gente extenuado fisicamente. Mas como falei, mentalmente inteiro. Estamos vivendo um momento histórico - explicou em vídeo publicado pelo clube.

O próximo desafio do Athletico será contra o Vasco, pela 20ª rodada do Brasileirão. O jogo está marcado para 16h de domingo (22/09), em São Januário. Tiago Nunes pode poupar parte dos titulares.

Andrés Sanchez admite acordo, 'mas do jeito que a gente quer'

Publicado em Esportes
Quinta, 19 Setembro 2019 18:05

Presidente do Timão afirmou que o impasse com a Caixa será decidido na Justiça

No mesmo dia que a Arena Corinthians foi colocada no Serasa pelo não pagamento da dívida com a Caixa Econômica Federal, o presidente Andrés Sanchez (na foto) afirmou que o impasse com o banco estatal será resolvido na Justiça e que um novo acordo será feito, mas de acordo com as condições impostas pelo clube do Parque São Jorge, não da instituição financeira.

- Vai ter um acordo, mas do jeito que a gente quer - cravou Andrés, não dando mais detalhes sobre o assunto, mas deixando claro sua postura quanto à decisão judicial ser favorável ao Corinthians.

Logo após a derrota, por 2 a 0, para o Independiente Del Valle pelo primeiro jogo da semifinal da Copa Sul-Americana, o cartola do Corinthians foi questionado sobre a cobrança de R$ 48 milhões feita pela Caixa referente aos pagamentos deste ano pelo empréstimo de R$ 400 milhões para a construção do estádio em Itaquera e deu a versão do clube sobre o caso.

- Infelizmente, quando acontece uma coisa dessa vem um monte de coisa atrás. Todos os clubes e todas as empresas do Brasil têm processos. Isso faz parte. A parte da Caixa está no jurídico e vamos esperar que isso se resolva - explicou Andrés Sanchez na saída da Arena Corinthians.

O clube alega que tinha um acordo com a antiga gestão do banco e que pagava R$ 5,7 milhões entre os meses de março e outubro. De novembro a fevereiro - meses com menos jogos - os pagamentos eram de R$ 2,5 milhões. Ainda de acordo com o presidente do Corinthians, o clube devia duas parcelas neste formato e o banco estava ciente do atraso por conta da realização da Copa América, nos meses de junho e julho.

Contudo, a Caixa Econômica Federal acionou o Corinthians e executou a dívida milionária. O banco ainda não negociou um novo acordo com o Timão para tentar resolver o impasse. Mesmo assim, pelo menos segundo o presidente do Alvinegro, um novo negócio deve ser costurado, mas de acordo com as imposições colocadas pelo clube do Parque São Jorge.

'Vai ser reconfortante passar pelo Flamengo', diz Bolzan

Publicado em Esportes
Sexta, 20 Setembro 2019 15:57

Entrevista foi dada na festa de aniversário do Grêmio, no último domingo

Na festividade em uma luxuosa cerimônia realizada na cidade de Porto Alegre, o Grêmio fez a sua festa oficial de comemoração pelo aniversário de 116 anos completados no último domingo (15/09). E, de novo, uma fala do presidente Romildo Bolzan (no centro da foto) demonstrou potencial de esquentar o clima pro duelo frente ao Flamengo pela semifinal da Copa Libertadores.

Fazendo uma espécie de desabafo em relação a queda do Tricolor na Copa do Brasil, afirmando que estava "engasgada", Romildo pontuou que o elemento de mudança dessa sensação será eliminar o time carioca na competição continental.

- Está engasgada a nossa desclassificação na Copa do Brasil. Mas será reconfortador passar do Flamengo e ser campeão da América. O Geromel colocou que achava que nós transferíamos a responsabilidade integralmente aos jogadores. Não é isso. Em vocês (jogadores), nós confiamos. Sempre.

O mandatário do time gaúcho ainda aproveitou para elogiar o plantel do clube apontando que a sensação de confiança provém do que os atletas demonstraram nos últimos anos. Entretanto, descarta que isso crie qualquer tipo de "obrigação" pela vitória:

- Vocês (jogadores) conseguem despertar em nós um sentimento de que sempre isso é possível. Sendo isso, também é possível conquistar a América este ano. Não tomem como obrigação, vocês sabem o que conversamos no vestiário. Nossa única obrigação é redobrar os nosso esforços para atingir o melhor resultado.

Carille se atrapalha nas contas e não assume sua culpa

Publicado em Esportes
Sexta, 20 Setembro 2019 16:06

Técnico do Corinthians foi infeliz ao buscar uma desculpa sem fundamento

Após o baile que sofreu em casa contra o Independiente del Valle, pelas semifinais da Sul-Americana, o técnico Fábio Carille (na foto) tentou explicar a derrota com uma justificativa inesperada. "Às vezes perde o interesse, isso vem pela idade, de ter um pouco mais de responsabilidade (...) Hoje estamos com meninos, que ainda têm de se acostumar com esse tipo de jogo", disse.

Nem a matemática é capaz de respaldar o treinador nessa. Atualmente, a média do elenco é de 28 anos e, na quarta-feira (18/09), o time titular tinha seis jogadores acima dos 30 anos, entre eles líderes como Cássio, Fagner e Gil. Os únicos meninos, de fato, eram Pedrinho e Mateus Vital, ambos com 21 anos, mas já acostumados a partidas decisivas.

Carille foi infeliz ao buscar uma desculpa sem fundamento. Para piorar, colocou os poucos jovens do elenco na berlinda e ainda sugeriu que falta motivação interna.

Em uma semana de polêmicas, incluindo dívidas do clube em relação ao seu estádio e o suposto interesse do futebol chinês pelo treinador, o Corinthians viu derreter toda aquela evolução pós-Copa América.

E Carille, que deixou escapar algo no meio do caminho, precisa assumir sua responsabilidade diante do próprio grupo que comanda.

Declarações esquentam clima entre Flamengo e Grêmio

Publicado em Esportes
Segunda, 23 Setembro 2019 13:00

Confronto por decisão da Liberadores é assunto tocado das diretorias aos treinadores

Por um lugar na grande decisão da Libertadores 2019, Flamengo e Grêmio abrem a semifinal da Copa apenas no dia 2 de outubro, em Porto Alegre, mas, fora das quatro linhas, o embate já começou. As aspas de Jorge Jesus e Renato Gaúcho, e até dos presidentes Rodolfo Landim e Romildo Bolzan, esquentaram o clima e aumentam a expectativa para o confronto que promete ser histórico.

'O GRÊMIO JOGA O MELHOR FUTEBOL DO BRASIL'

Palmeiras x Grêmio

No dia 27 de agosto, o Grêmio venceu o Palmeiras por 2 a 1, em São Paulo, e se classificou para a semifinal da Copa Libertadores. Após a partida, Renato Gaúcho (na foto ao lado) decretou: "o Grêmio joga o melhor futebol do Brasil". E assim começou a disputa com o Flamengo, que se confirmaria como rival na noite seguinte.

- Foi uma partida épica, de raça. O Grêmio gosta de ganhar, gosta da bola, de agredir. Tem, sim, o melhor futebol do Brasil, com resultado. Não ganhou em dois anos e meio seis títulos à toa. A gente respeita todo mundo. Agora, futebol bonito o Grêmio tem, sim. E o aproveitamento é sensacional - disse Renato.

'PARA MIM, O MELHOR FUTEBOL É DO FLAMENGO'

Internacional x Flamengo

Em 28 de agosto, foi a vez do Flamengo eliminar o Internacional e garantir seu lugar na semifinal da Libertadores. E, após o jogo no Beira-Rio, o técnico rubro-negro, Jorge Jesus (na foto ao lado), respeitosamente, deu-se o direito de discordar do treinador gremista.

- Aceito a opinião do treinador do Grêmio, é a opinião dele. Se falarmos no Campeonato (Brasileiro), não é, né? Quem joga melhor é quem vai à frente. Não há quem joga melhor e esteja atrás. Na Libertadores, aí sim, e na Copa do Brasil também. Mas jogar melhor é subjetivo. Uma coisa é jogar bonito, outra é melhor. Mas aceito a opinião dele. Para mim, o melhor futebol é do Flamengo.

RENATO APONTA DIFERENÇAS

Renato nunca foi de fugir de polêmica e, em 31 de agosto, respondeu Jorge Jesus, destacando a diferença de investimento feito pelo Flamengo em relação ao Grêmio, além de destacar que o Tricolor "joga bem há mais de três anos".

- A minha opinião não vou mudar, respeito a opinião do Jesus, está fazendo um bom trabalho. Ouvi da boca dele que era porque era o primeiro no Brasileiro. Se perder, quer dizer que não tem mais? Se o Grêmio me der R$ 160 milhões para contratar, vou montar uma seleção. O Grêmio não gastou nem R$ 10 milhões. Óbvio que o Jesus vai puxar a sardinha para o lado do Flamengo, eu faria a mesma coisa. Joga um futebol bonito, sim, mas há pouco tempo. O Grêmio joga há três anos. O que tem a diferença, enorme, é financeiramente.

JOGADORES EVITAM ATRITO

O debate sobre o "dono" do melhor futebol no Brasil chegou ao jogadores, inevitavelmente. Os atletas do Flamengo, contudo, evitaram polêmica e mantiveram o discurso afinado de "pés no chão", pregando foco nas partidas que terão pela frente, no Campeonato Brasileiro, antes de enfrentar o Grêmio.

- Renato (Gaúcho) é um grande treinador, merece nosso respeito. Será um jogo muito difícil, mas aprendi no futebol que o jogo mais importante é sempre o próximo. Tem Avaí, Santos... quando chegar perto de enfrentarmos o Grêmio, podemos falar melhor - disse Gerson, um dos atletas que adotou a cautela.

ROMILDO APONTA 'SOBERBA' DO FLAMENGO

Romildo Bolzan Jr

Depois de técnicos e jogadores, foi a vez dos presidentes entrarem no debate. O primeiro foi o do Grêmio, Romildo Bolzan (na foto ao lado), que apontou um clima de "soberba" e "arrogância" do Flamengo antes do confronto, em evento político do Grêmio, de lançamento da chapa para eleição do Conselho Deliberativo.

- Estamos adorando esse ambiente criado pelo Flamengo. Não tem coisa melhor para nós do que essa soberba, essa arrogância, esse sentimento hegemônico e essa capacidade de que a imprensa já fez eles jogarem com o Liverpool lá no final do ano, essas coisas todas que a gente sabe como acontecem - disse Romildo Bolzan, presidente do Grêmio, em 16 de setembro.

LANDIM: 'SANDÁLIAS DA HUMILDADE'

Rodolfo Landim

Após o presidente Romildo Bolzan apontar um ambiente de "soberba" e "arrogância" por parte do Flamengo em relação ao confronto com o Grêmio, em outubro, válido pela semifinal da Copa Libertadores, Rodolfo Landim (na foto ao lado), mandatário rubro-negro, afastou tal possibilidade já no dia seguinte. Inclusive, afirmou que o clube da Gávea vestiu as "sandálias da humildade".

- Flamengo? Instituição? O Romildo é uma pessoa super elegante, não dei da onde ele tirou essa ideia. Mas, isso não existe. O que existe são jogadores focados e a torcida feliz depois de seis vitórias. O ambiente realmente é bom, mas não tem soberba nenhuma, sandálias da humildade - afirmou o presidente Rodolfo Landim, após reunião da sede da Ferj, ao "O Globo".

MISTER MOSTRA ELEGÂNCIA...

O último capítulo do debate foi neste domingo. Após a vitória sobre o Cruzeiro, em Belo Horizonte, que manteve o Flamengo na liderança do Brasileirão, o duelo com o Grêmio voltou a ser assunto e Jorge Jesus mostrou elegância.

- Só quero dizer que nunca ganhei Libertadores. O técnico do Grêmio já venceu. Por isso é mais experientes do que eu. Eu ainda posso ganhar. Vamos fazer nosso trabalho passo a passo - afirmou o treinador português, no Mineirão.

... RENATO 'SOBE O TOM'

Após o triunfo do Grêmio sobre o Santos - 3 a 0 na Vila Belmiro -, foi a vez de Renato Gaúcho voltar ao tema. E, desta vez, o treinador do Tricolor Gaúcho "subiu o tom", dizendo que Jesus só ganhou dois ou três títulos portugueses".

- Concordo que o Flamengo está jogando o melhor futebol do Brasil junto com o Grêmio, mas o Jorge Jesus ganhou só dois ou três títulos portugueses. E saiu de Portugal, foi para a Arábia. Ele nunca treinou fora de Portugal um grande clube na Europa. Nunca conquistou nada e está com 65 anos - disse Renato.

Compartilhe nas Redes Sociais!

Temos 335 visitantes e Nenhum membro online

Telefones Úteis

Energisa - (83) 2106-7000
Ultragás - (83) 3292-2217
Audicon - (83) 3246-0599
Cagepa - 115
GVT - 10325
NET - 10621
SKY - 10611
Tely - (83) 3049-4229
Polícia - 190
Bombeiros - 193
SAMU - 192
(83) 3216-2500
Dele.da Mulher
(83) 3218-5316

Entre em Contato

 

Av. Senador Ruy Carneiro, 636 sl 201

Manaíra, João Pessoa, Paraíba, Brasil

Tel: (83) 3021-8885 - Cel: (83) 98725-1693

Email: redacao@24horaspb.com

Website: http://www.24horaspb.com

JoomShaper