PROCURADOR-GERAL DO STJD DETONA AUTORIDADES PARAIBANAS Destaque

Escrito por  Abelardo Oliveira Sexta, 07 Fevereiro 2014 00:00

 

O procurador-geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva , Paulo Schmitt, foi curto e grosso ao emitir sua opinião sobre os incidentes registrados no estádio “Almeidão”, em João Pessoa, por ocasião do jogo entre o Botafogo-PB e o Sport Recife, pela Copa da Nordeste, no ultimo dia 19.

Em entrevista ao Globo Esporte Paraíba, ele responsabilizou todas as autoridades públicas do Estado pelos acontecimentos que culminaram com um confronto entre a Polícia Militar da Paraíba e torcedores do clube pernambucano, além da interdição do estádio, por tempo indeterminado, para jogos do campeonato estadual e torneios regionais.
- Eu responsabilizo todas as autoridades locais por agirem de forma irresponsável e expondo os torcedores ao perigo iminente – disse Schmitt, enfatizando que o “Almeidão” ofereceu muito perigo que a “Arena Joinville”, em Santa Catarina, palco da selvageria entre torcedores do Vasco da Gama e do Atlético Paranaense, durante a última rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado.
Resta esperar agora que os puxa-sacos do governador Ricardo Coutinho (PSB) e do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), ocuparem seus espaços nas mídias sociais para interpretarem as palavras do procurador-geral do STJD.
Para mim, todos são culpados na medida em que fazem uso político do Botafogo e que se esquecem de garantir a estrutura necessária para que o clube alcance novas conquistas, o torcedor tenha instalações dignas para prestigiar os espetáculos esportivos, e, acima de tudo, por serem omissos quanto à permanência da déspota Rosilene Gomes à frente da Federação Paraibana de Futebol.

PIADA ONLINE

Jamais pensei que algum dia iria rir de uma piada contada pelo intragável Marcelo Adnet. Mas o comercial da GVT conseguiu quebrar o meu gelo, quando o antipático que dizem ser humorista afirma que a banda larga brasileira “é tão rápida quanto à dos países mais rápidos”. Segundo estudos técnicos, o Brasil está em 84º lugar no ranking mundial de velocidade de conexão de internet. Estamos abaixo de países como Equador Chile e Iraque – só para citar alguns exemplos. E a GVT paga uma fortuna para aquele idiota global fazer propaganda enganosa...

BIEBER GO HOME!

Mais de 50 mil americanos já assinaram petição que objetiva deportar o astro pop-teen Justin Beber de volta para o seu país natal: o Canadá. Aos os 19 anos e no auge do estrelato, o rapaz se julga mais importante que os filhos do Roberto Santiago e do Eike Batista juntos . Enquanto isso, milhões de putinhas teen do mundo inteiro desejam ter o badboy do cabelo lambido como conterrâneo...

BIG BUNDA BRASIL

A edição nº 14 do reality show da Globo está batendo todos os recordes de cenas de nudez bundal. Homens (?) e Mulheres (?) estão apelando para a exibição dos seus dotes glúteos para ganhar a simpatia do público. E o pior é que o cara mais pegador do BBB14 é a Clara. Puta que pariu...

BRAZILIAN WACA

O Comitê Organizador da Copa do Mundo no Brasil resolveu apostar todas as fichas na sensualidade virtual na cantora Cláudia Leite como intérprete da música-tema do Mundial. Acreditam que a loira farmacêutica brasileira seja capaz de superar a performance de Shakira na célebre “Waca, Waca”, que arrebentou na Copa da África do Sul. A diferença é que a colombiana é, literalmente, uma “Waca”, enquanto a cover de Ivete Sangalo não chega a ser uma galinha matriz...

MACHOS EM EXTINÇÃO

Chega ao fim o folhetim global das 9 (ou seria das 10?), desmoralizando de uma vez por todas o pouco que resta do gênero masculino este país. A novela que se notabilizou pelas relações homossexuais, quebrou vários paradigmas do gênero e vendeu a ideai de que o amor gay é mais romântico e ardente. Resumo da ópera: o único macho da trama, o César (Antônio Fagundes), acabou liso, corno, cego e aleijado; o grande herói, como não poderia deixar de ser, foi o Félix - uma biba psicopata, tresloucada e mal amada, magnificamente interpretada pelo Mateus Solano; a mulher mais sexy da novela foi uma gorda feia e arrogante, a Perséfone (Fabiana Karla); o exemplo de mãe, Pilar (Susana Vieira) mandou matar a amante do marido; o Juliano Cazarré (Ninho) encontrou sua verdadeira vocação nas telinhas e telonas: ser bandido. Com aquela cara de morcego-rampa jamais poderia ser galã; e a Aline (Vanessa Giácomo), a puta mais escolada da história das novelas armou planos cinematográficos para se dar bem e, mesmo milionária, acabou sendo presa em um avião de carreira. Só assim a polícia dava uma dentro numa novela. Enfim, ao invés de “Amor à Vida”, a novela deveria ter sido intitulada de “Amor à Biba”. VAREI!

 

Lido 1526 vezes Última modificação em Sexta, 07 Fevereiro 2014 13:14

Colunistas

#Anunciantes24HorasPB

Infoconnect-front-backlight

BannerVersatile

Compartilhe nas Redes Sociais!

Temos 187 visitantes e Nenhum membro online

Telefones Úteis

Energisa - (83) 2106-7000
Ultragás - (83) 3292-2217
Audicon - (83) 3246-0599
Cagepa - 115
GVT - 10325
NET - 10621
SKY - 10611
Tely - (83) 3049-4229
Polícia - 190
Bombeiros - 193
SAMU - 192
(83) 3216-2500
Dele.da Mulher
(83) 3218-5316

Entre em Contato

 

Av. Senador Ruy Carneiro, 636 sl 201

Manaíra, João Pessoa, Paraíba, Brasil

Tel: (83) 3021-8885 - Cel: (83) 98725-1693

Email: redacao@24horaspb.com

Website: http://www.24horaspb.com

JoomShaper